Classificação

8.5
Interpretação
8
Argumento
8
Realização
8.5
Banda Sonora

Este artigo contém spoilers!

E não é que depois do excelente episódio da semana passada este conseguiu manter o nível! Pois é, esta temporada está a correr bem para os lados de The 100. Sinceramente sinto que estamos a ter momentos muito bons. Depois claro, temos Sanctum, mas até isso está a melhorar.

A primeira nota de destaque é logo o começo do episódio. A cena inicial com Diyoza foi fantástica. Mostrou que em poucos minutos, com uma boa montagem, podemos contar a história de um personagens ao longo de meses. Foi tudo muito bem feito. Até a banda sonora encaixou que nem uma luva na cena. Acho que foi a primeira vez que vimos Diyoza mesmo em combate a sério. É verdade que já tínhamos ouvido que ela era implacável mas meus amigos, a mulher é uma assassina sem piedade. Coitado do guarda que ficou encarregue de a alimentar. Acabou ele por ser o alimento. Mas que cena fantástica! É verdade que ela quase deu com uma flecha na cabeça da filha mas pronto, até esse momento foi bonito. Principalmente o momento onde ela, Hope e Octavia se abraçam. Lindo!

Como já tinha dito, tinha a teoria que o planeta de gelo, cujo nome é Nakara como agora sabemos, era uma espécie de despejo dos corpos dos mortos. Parece que esta sociedade usa os planetas para tudo basicamente. Cada um tem a sua função e honestamente acho uma ideia interessante. Outro pormenor interessante é que Nakara está cheia de aranhas gigantes o que traz toda uma nova complexidade alienígena para a série. Infelizmente, vimos pouco do planeta e talvez nem tenhamos hipótese de lá voltar. De realçar a conversa entre Clarke e Raven onde Clarke se revela um apoio fulcral num momento de onde Raven se sentia culpada por ter provocado a morte do homem com a radiação.

Em Sanctum as coisas continuam meio chatas mas tivemos o erguer da nova rainha disto tudo! Indra foi quase obrigada a assumir o lugar de liderança dos wonkru. Sinceramente acho que é um papel que lhe assenta na perfeição. Percebendo que o Sheidheda está ali para causar a rebelião e basicamente aproveitar uma guerra civil para assumir o poder, a escolha da Indra foi a mais sensata e acredito que muitos de nós ficamos satisfeitos. É verdade que tenho pena que ela, Murphy e Emori estejam fora do grande ponto da temporada e quem sabe da série, que é a anomalia mas ainda assim, estou a gostar de ver o trio a comandar as tropas e bem sabemos o quão difícil está a ser. Não estou a gostar muito do papel de Madi nesta temporada. Acho que a personagem está muito apagada. Foi e continua a ser interessante e justo ver a miúda a ter uma vida normal mas parece que não desenvolvem mais disso. Espero que ela ainda venha a aparecer mais em jogo, por assim dizer, nos episódios futuros.

Basicamente, foi um grande episódio e gostei bastante de ver. Principalmente as cenas de ação acho que foram muito bem feitas. Confesso que embora tenha dito ultimamente que não quero muito saber das relações amorosas nesta temporada, começo a gostar de Octavia e de Levitt juntos. Talvez seja o meu lado sensível mas acho que a Octavia merecia acabar a série com um final feliz e Levitt parece ser um tipo porreiro. Quem já não é tão porreiro é Gabriel. Já a semana passada estava de pé atrás com ele e neste episódio ele decide trair os companheiros. Gabriel parece ingénuo demais para um homem que já viveu tanto tempo e já fez tantas coisas. Não nos podemos esquecer que o corpo que ele usa agora foi de alguém que teve de morrer para que ele o usasse. Mas de repente ele ofende-se com tudo e não me encaixa. Honestamente, ele e Jordan estão a ser impossíveis de aturar. É juntar os dois a Jar Jar Binks e formamos o trio perfeito de personagens insuportáveis. Fãs de Star Wars sabem o que estou a dizer!

Para a semana cá estaremos para ver o que nos traz o novo episódio. Tem sido uma viagem a um ritmo interessante e por isso, estou a viver muito a história. Hoje deixo as teorias de parte e fica mais um desabafo sobre o que aconteceu. Para a semana logo veremos o que acontece.

Até para a semana!