Classificação

9.5
Interpretação
9
Argumento
9
Realização
8.5
Banda Sonora

Este artigo contém spoilers!

Ashes to Ashes foi um episódio que teve um pouco de tudo. Desde ação, drama, lutas, medos, vitórias, reviravoltas e até mortes. Para além de tudo isto foi realizado por Bob Morley, o nosso Bellamy.

Posso mesmo começar por aí. O episódio, embora não seja, em si, extraordinário, foi muito bom. Tivemos vários personagens em momentos importantes e podia ter havido o erro de ser uma mistura complicada para o espectador, mas não, bem pelo contrário, o episódio flui bastante bem e torna-se fácil acompanhar o que está a acontecer. O episódio foi muito bem construído!

A nível do enredo tivemos também muitas evoluções. Descobrimos o passado de Echo, o que certamente nos faz gostar um pouco mais da personagem. Sempre achei Echo um pouco a mais na trama e acho que funcionou muito bem toda a construção que deram ao passado da personagem. E quem pagou foi Ryker, que foi esfaqueado por ela e morreu.

Noutro ponto tivemos Octavia a implorar perdão a Bellamy. Embora perceba que este esteja desiludido com a irmã por tudo o que aconteceu no passado, acho que já é um ponto a fechar. Octavia mostra-se arrependida através das suas atitudes e talvez seja a altura certa para os dois irmãos se entenderem de uma vez por todas. Madi também evoluiu. A pressão do guardião da chama na cabeça dela está a levar a pequena à loucura. Ainda para mais com os primes a extrair a medula dela. Belíssima interpretação da jovem atriz!

Mas, meus amigos, para tudo mais uma vez para a enorme Eliza Taylor. Que trabalho! Se já vimos Josephine a fazer de Clarke, agora é Clarke a fazer de Josephine e que bem feito é! Clarke enganou tudo e todos ao vestir a pele da carismática Josephine e é tão impressionante o quanto uma atriz consegue fazer um trabalho tão bom. Muitos parabéns!

The 100 entra assim na recta final com muitas dúvidas para esclarecer. Estas questões bíblicas da imortalidade e do “brincar a Deus” elevaram a série a um novo patamar. Acho que não só o enredo melhorou como os atores cresceram. A ponta final tem tudo para ser marcante e deixar-nos com água na boca para uma 7.ª temporada. Que venha essa reta final!

Carlos Real