Classificação

8
Interpretação
6.5
Argumento
7
Realização
6
Banda Sonora

[Livre de spoilers]

Das três séries cujo episódio piloto a Quibi disponibilizou no YouTube, Dummy era a que menos curiosidade me despertava. Aliás, não despertava curiosidade alguma. No entanto, o lado positivo numa série com menos de 10 minutos é que desperdiçamos muito pouco tempo se não gostarmos do primeiro episódio e, por isso, achei que valia a pena espreitar.

A estranha premissa centra-se na relação entre uma escritora amadora e a boneca sexual (não lhe vou chamar insuflável porque parece demasiado real ou, se quiserem, uma Barbie em tamanho grande) do namorado. Ideia parva? Talvez. No entanto, uma coisa parva não tem necessariamente que ser má, mas já lá vamos. O casal de protagonistas é interpretado por Anna Kendrick, que já tinha gostado bastante de ver no filme A Simple Favor, e Donal Logue, que a maioria conhecerá da série Gotham. No entanto, se há alguém com quem Anna partilha o protagonismo é com a dita boneca.

Até agora, Dummy é o piloto mais dinâmico que a Quibi nos apresentou. Acho que não ficámos apenas a conhecer a história na qual vamos mergulhar, já entrámos nela. Os quase 9 minutos de episódio conseguem trazer alguns momentos engraçados, mas as coisas tornam-se um bocado bizarras quando a boneca entra em cena. Confesso que achei demasiado esquisito! No entanto, Kendrick é uma boa atriz de comédia que pode fazer com que esta série seja realmente algo de diferente. A verdade é que a boneca parece mais inteligente do que muita gente real. Estou um pouco intrigada em relação a isso!

Se gostam de coisas que fogem ao habitual, podem espreitar aqui o episódio. Ah, mais uma coisa! O YouTube gera legendas automaticamente em inglês, mas estas não estavam sincronizadas com a fala dos personagens, o que acaba por distrair. Desativei as legendas e limitei-me a ouvir o episódio, mas pode ser uma questão aborrecida para quem faz mesmo questão de ter aquele ‘auxiliar’.

Diana Sampaio