Classificação

7.5
Interpretação
7
Argumento
7
Realização
7
Banda Sonora

Contém spoilers!

Estamos cada vez mais perto do final de How To Get Away With Murder e continuamos sem grandes avanços no plot principal. Estes sete episódios têm sido uma verdadeira desilusão. Ao invés de terem avançado no encalço da temporada anterior e nos darem, assim como à série, o final merecido, voltaram atrás para a altura em que eram apenas mais 15 episódios de HTGAWM. Espero que a mid-season finale e os últimos sete episódios aumentem exponencialmente em qualidade e interesse ou esta será uma das piores temporadas finais de sempre.

Pelo menos em I’m the Murder voltamos a ter um caso e regressamos ao tribunal. Foi uma perspetiva diferente daquela a que estamos acostumados e acho que enviou uma mensagem importante aos espectadores: a prisão não pode servir só como castigo, tem de servir para reabilitar as pessoas que lá estão, se não quando forem libertadas acabarão por repetir os erros que as colocaram atrás das grades. Eu sou apologista desta ideia. Não se pode esperar que só porque passam cinco, oito, dez ou mais anos confinados a um lugar que pessoas que cometem crimes aprendam e percebam que o que fizeram está errado. E o caminho para diminuir o número de presos por esse mundo fora é este: reabilitação social. Ensiná-los qual a forma mais acertada de viver em sociedade.

Fora isto, nada de interessante aconteceu. Apenas mais floreados em torno das relações das personagens, o que já me irrita profundamente. É claro que quero saber como será o fim de todas estas personagens, se vão continuar amigos, casados, parceiros, mas o que interessa realmente é se serão presos por todos os crimes que têm cometido ao longo dos anos e o que aconteceu a Laurel e Christopher, assim como quem morre nos flashforwards.

Pegando neste último tópico, parece que Connor teve realmente um ataque e está no hospital. Sabemos até agora que Michaela, Bonnie, Asher, Frank, Oliver e Connor não morrem, o que, por um lado, não deixa muitas opções dentro das personagens mais prováveis, mas, por outro, pode significar que alguém menos inesperado possa ser a vítima. Estou a pensar em Annalise, no seu novo namorado, Tegan, Cora, Gabriel ou Nate como as mais propícias. Chloe e aquele rapaz com quem Oliver e Connor fizeram o ménage vêm-me à cabeça como as mais improváveis. E aquela revelação no final do episódio? Não sei se consigo acreditar que Oliver matou realmente alguém. Talvez pense que o tenha feito.

Outra situação que me começou a incomodar foi este foco todo no romance entre Frank e Bonnie. Eu sou a primeira a dizer que adoro a ideia de os ver juntos, mas poderá haver algo escondido por detrás de tanto esforço de Frank em convencer Bonnie a serem um casal? Se sim, o quê? Não consigo responder a esta pergunta, mas cheira-me a esturro. E tivemos ainda o reaparecimento da Governadora. Será que é desta que as coisas começam a aquecer e o plot a desenvolver? Espero que sim.

E desse lado, o que acharam?

Beatriz Caetano