Classificação

8.5
Interpretação
6.4
Argumento
7
Realização
8.6
Banda Sonora

Contém SPOILERS!

Após o desfecho de The Walking Dead na semana passada, eis que o seu spin-off regressa para não sentirmos saudades de zombies! O episódio recomeçou no ponto em que o season finale nos deixou e uma nova etapa nos espera nas próximas semanas.

O grupo aventura-se no mar no luxuoso iate de Strand, Abigail. O embarque decorre com alguns incidentes, nomeadamente o ataque de alguns walkers. Mas o maior destaque vai para o bombardeamento intensivo que o exército faz sobre a cidade, numa tentativa de conter a infestação. E é neste iate que o episódio se passa, onde as cenas se arrastam num marasmo ausente de ação digna de nos fazer saltar do sofá, com exceção dos últimos minutos. Pois, já perceberam que o piloto não me agradou na sua totalidade. É certo que estamos no início do apocalipse zombie, mas a ação tem-se arrastado demasiado e até decorrido bem longe do nosso núcleo principal. Sendo assim, será possível mudarmos todo o elenco e começarmos a seguir o exército? Ver o bombardeamento de perto certamente teria ajudado a salvar o episódio.

Começando por Alicia… a doce, inocente, ingénua e idiota Alicia! Como é possível que ela tenha caído na asneira de confiar numa voz sensual do outro lado do aparelho de comunicação? Começa por descrever todas as mordomias que têm no Abigail e até apresenta elementos que permitem que o outro grupo os localizem. Espero que esta situação a faça acordar para a vida, já que Alicia aparenta ser aquela personagem que ainda não deu o passo oficial para aceitar a nova ordem mundial.

Por outro lado, Travis é o personagem que mais mudou. Passou do altruísta que quer ajudar meio mundo, para aquele assassino desajeitado de zombies que, para piorar ainda mais a situação, concorda com Strand em recusar abrigo aos náufragos que encontram pelo caminho. Sim senhor, parece que aprendeu uma lição ou duas de sobrevivência. Finalmente começo a gostar dele, apesar de não ter sido o personagem com maior destaque no episódio.

Strand continua a ser o grande mistério do núcleo principal. Além de ter sido o último a entrar, pouco revelou de si. É certo que sabia dos planos do exército e trata-se de um multimilionário cheio de recursos. Julgo que ainda poderemos ficar surpreendidos com ele nos próximos episódios.

Em relação às restantes personagens, nada de importante a relatar, o que é uma pena. Todos eles nos foram mal apresentados na temporada passada e os espectadores começam a cansar-se da série pelo facto de ainda não se identificarem com nenhum deles. Ah, é verdade, o sul-americano Daniel sabe pescar! Yeah, tanta originalidade!

Bem, vemos Travis a ter o trabalho de levar o cadáver de Liza para o iate, para depois lhe fazerem o funeral em alto mar, depois de Madison se certificar junto de Strand que a profundidade é razoável. Adorei o facto dela se importar que a ex do seu namorado fique à maior profundidade de si possível. Mais uma vez, Chris tem uma das suas reações infantilizadas e atira o cadáver da mãe com violência ao mar. É verdade que passou imenso tempo a velá-la, mas aquela reação foi demasiado radical. Parece que além de um toxicodependente, temos um bipolar em evolução.

Bem, as conversinhas inofensivas de Alicia com o misterioso Jack vão sair caras ao grupo, já que se aproxima um barco a grande velocidade… e parece que não são assim tão amigáveis quanto isso! Teremos de esperar até ao próximo episódio para ver o que sai daqui.

Em suma, a tensão dos últimos minutos foi muito boa, mas não o suficiente para salvar a inércia do episódio. Se as cenas mais paradas tivessem sido aproveitadas para desenvolver as personagens, teria sido ótimo, mas não foi bem isso que aconteceu.

Questões em análise:

  • Afinal quais são as origens de Strand? Quando temos um episódio focado nos mistérios deste magnata?
  • O doce Jack de Alicia é um pirata violento? Tudo indica que sim! Teremos aqui a transformação desta personagem? Tornar-se-á num elemento forte e importante para o grupo?
  • Nick parece atinadinho, o que me assusta seriamente. Estará completamente recuperado? Ou esconde “algo mágico” na sua almofada?
  • A evolução de Travis foi notável! Temos um novo Rick, menos preparado, mas mais ponderado, em ascensão?
  • Quanto tempo estará o grupo no mar? É que se assim for, teremos pouca ação, a não ser que um zombie morda o isco de Daniel!

Rui André Pereira