Classificação

8
Interpretação
7.6
Argumento
7.9
Realização
8.4
Banda-Sonora

Estamos de volta às empresas discográficas mais quentes deste inverno. A família Lyon não nos poupa a uns valentes arrepios, a umas gargalhadas e a muita música! Cookie e Candace procuram pela sua irmã Carol nos subúrbios com a ajuda de uma antiga companheira prisional da matriarca Lyon. Hakeem está a liderar Lyon Dynasty na ausência da sua mãe, mas como se trata de uma corrida contra o tempo, o stress começa a fazer-se sentir. Jamal prepara-se para lançar o seu tema para a Pepsi e decide fazer uma colaboração com Skye Summers, uma estrela do R&B mundial, que poderá tornar-se uma forte aliada a Empire. Lucious necessita que Cookie ceda os direitos de autor das canções que elaboraram juntos para adquirir a empresa Swiftstream, que se tornará essencial na distribuição das músicas de Empire mas, como todos nós já sabemos, Cookie é um osso duro de roer. Annika está obcecada em reconquistar Hakeem e toma uma decisão impulsiva, enquanto Andre e Rhonda começam a planear o futuro da sua família.

“Sinned Against” é um capítulo mais ousado do que o habitual da série mais vista do mundo, especialmente no final, em que há uma revelação inesperada. Não querendo dar spoilers, porque afinal de contas, Empire é uma caixinha de surpresas, vamos falar então da presença de Alicia Keys, que chegou e encantou. Keys é Skye Summers, a vedeta que irá colaborar com Jamal no seu próximo tema musical, e não só é artista encantadora como parece ser uma boa adição à série. Ao som do poderoso tema Powerful, os fãs vão arrepiar-se com o talento desta muito subvalorizada artista pop. Mas Keys não é a única celebridade a mostrar o ar da sua graça em “Sinned Against”, temos Rosie O’Donnell, famosa personalidade americana, que nos proporciona um pouquinho de comédia com a sua curta aparição e ainda o realizador e co-criador da série, Lee Daniels, numa sátira de si próprio. Claro que o trazer figuras sonantes do nome da música e de outras artes performativas é apenas um pequeno adorno publicitário, visto que o seu tempo de antena não é muito longo, mas é uma estratégia eficaz. A sumptuosidade dos cenários, os caprichos grandiosos (vem-me à memória o casaco de Cookie e a cadeira de escritório de Lucious) conferem um grafismo visual forte capaz de enfiar o MTV Cribs num bolso roto de umas calças velhas.

A trama começa a tornar-se mais densa uma vez que estamos a um episódio da pausa natalícia e, embora tenha os seus momentos leves, “Sinned Against” tenta focar-se nas ambições profissionais de Lucious, na relação de Cookie com as suas irmãs e numas chocantes revelações que terão obrigatoriamente que ser explicadas no último episódio. O twist final assume-se como um pau de dois bicos e pode certamente fragilizar a narrativa de Empire para todo o sempre se não tiver uma justificação plausível. Mesmo não sendo o melhor capítulo, continua a ter a fórmula típica e maravilhosa que nos faz agarrar tanto a esta novela intensa e divertida e, claro, é preciso ver que Taraji P. Henson é inquestionavelmente a atriz mais destacável da televisão em 2015.

Jorge Lestre