The Walking Dead – 09×04 – The Obliged
| 31 Out, 2018

Contém spoilers!

Este quarto episódio de The Walking Dead foi morno. Não houve nenhum momento que se pudesse apelidar de especial, arrebatador ou de cortar a respiração. Está difícil para a série manter um nível que se considere elevado em termos de argumento e a história está apenas interessante o suficiente para continuar a ver.

The Obliged teve um grande foco em Michonne e revelou-nos que a personagem sente muitas saudades dos seus tempos de “samurai”. Ainda que tenha adotado o papel de mãe e de vice-líder, vivendo um estilo de vida mais pacato do que aquilo a que estava habituada, parece que Michonne não consegue esquecer o lado mais aventureiro e ansioso por adrenalina que há em si. Gostei de a ver novamente com a espada na mão. O que não gostei tanto foi a conversa enfadonha com Negan. Na verdade, este episódio foi muita conversa e pouca ação. Honestamente, já não há paciência para as conversas de “chacha” de Negan… E a sério que quer ver Lucille?! Temos aqui um caso grave de paranoia.

Um dos poucos momentos de ação, se é que se lhe pode chamar isso, foi a cena entre os Saviors e Carol. Como sempre, Carol foi uma badass e meteu Jed na linha em três tempos. Realmente, já pensaram na evolução que esta personagem teve? Passou de uma mulher que sofria de violência doméstica para uma líder destemida. Vimos também um pouco da continuação de Gabriel e Jadis. Mais uma vez lá se safou. Continuo a querer saber o que é um A e um B, quando vamos descobrir quem são as pessoas do helicóptero e como é que Jadis está ligada a eles.

Gostava de ter visto pelo menos Maggie a chegar a Alexandria. Umas vezes chegam aos refúgios num piscar de olhos e outras levam séculos. Talvez queiram culminar essa cena com o que se irá passar no próximo episódio. Gostava mesmo que Maggie matasse Negan, mas o mais provável é a sua tentativa de vingança resultar na libertação não intencional do vilão e assim começar mais uma saga de maldade.

Gostei da cena entre Daryl e Rick, especialmente do facto de Daryl ter tentado abrir os olhos de Rick e também por lhe ter dito que morreria por ele e por Carl. Foi um momento tocante. A cena no buraco, apesar de óbvia, foi boa e literalmente it’s raining men. Têm reparado em como nestes quatro episódios houve sempre referência a algo das temporadas iniciais? Sem dúvida um presságio.

[Para quem ainda não viu nenhum spoiler sobre o próximo episódio, até anunciado pela própria FOX, não leia o que se segue.]

No próximo episódio, intitulado What Comes After, vamos ver a morte de Rick Grimes. Sinceramente, sinto-me um bocado aborrecida por a FOX ter feito uma publicidade extrema ao episódio em que o personagem iria morrer. Tira toda a piada à coisa e perde-se o elemento surpresa e o fator choque. Percebo que queiram uma despedida em grande, mas é só estúpido, na minha opinião. Preferia mil vezes não saber.

De qualquer das formas, o fim deste episódio deixou as portas abertas para o derradeiro adeus a Rick. Percebi que apesar de a série já não ser o que era, não estou preparada para dizer adeus e vai ser definitivamente um episódio duro de se ver. Penso que ele não irá morrer espetado naquele bloco de cimento, até porque a promo do próximo episódio mostra Rick a fugir pela ponte. Será em What Comes After que iremos rever as caras de Hershel, Shane e Sasha no que parece ser a trip down memory lane? Gostava que Glenn também aparecesse, já que está com Rick desde o início. Seria uma boa surpresa!

Beatriz Caetano

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos