Classificação

8.5
Interpretação
8.4
Argumento
7.9
Realização
7.5
Banda Sonora

Contém Spoilers!!

O final desta temporada de Black Lightning apresenta dois claros e distintos momentos neste episódio. Durante a primeira metade temos a oportunidade de acompanhar Jefferson numa viagem de regresso ao passado. Este encontra-se ainda inconsciente, apesar de estar vivo, e começa a relembrar-se de certos momentos que viveu ao lado do seu pai, desde o momento em que Gambi o avisou que corria perigo e tinha sido um idiota por expor nomes, momento este que o pai de Jefferson aproveitou para se manter fiel às diretrizes que ensinava ao filho. Percebemos também que aquele discurso que Jefferson utiliza com os alunos da sua escola foi-lhe incutido pela sua própria educação. Num momento mais avançado, Jefferson, já em forma de adulto, tem uma conversa com o seu pai, que o incentiva a não desistir da vida e da luta, obrigando-o a acordar.

O segundo momento é o que se segue após Jefferson acordar. Inicialmente todos ficam felizes e esquecem-se do stress que estão a vivenciar, mas depois apercebem-se que a ASA liderada por Proctor os conseguiu localizar e ainda por cima Jefferson acordou sem os seus poderes. Aqui o papel de Jen é fulcral; há uns episódios, Lynn tinha revelado que enquanto Jefferson era uma bateria, a sua filha mais nova era um gerador. Assim, Jen aceita e utiliza os seus poderes para recarregar a energia do seu pai e dar-lhes mais uma arma para o combate com os soldados da ASA. A batalha é desigual e cai facilmente a favor da família Pierce e de Gambi, com uma pequena ajuda de Jen.

Enquanto Jefferson travava a sua própria batalha, Tobias utiliza Lala para descobrir a localização de Martin e com o auxílio de Khalil invade a sua base, pronto para o matar e adquirir o poder inteiro da sua organização. É bem sucedido em invadir e pôr fora de combate todos os seus agentes, mas Martin consegue fugir sozinho a tempo. Esta fuga não demorou muito tempo, uma vez que foi apanhado por Jefferson, Gambi e o resto da família. A partir do momento em que Jefferson aparece com a sua família, a sua identidade fica confirmada para Martin e, portanto, por isso e por tudo o que ele tinha andado a fazer com as crianças de Freeland, não pode continuar vivo. Talvez pelos seus erros do passado, ou para poupar Jefferson a esse trabalho, Gambi decide ser ele próprio a matar Martin.

O episódio acaba com Tobias a receber a confirmação de que Martin estava morto, com a família Pierce junta e feliz e com a cidade e a polícia a agradecer a Black Lightning e a Thunder. Foi um episódio final que, sem ser espetacular ou marcante, faz jus à temporada e à serie, apresentando um bom nível que irá deixar saudades até ao seu regresso.

O que acharam?

Raul Araújo