The Flash – 02×02 – Flash of Two Worlds
| 15 Out, 2015

Publicidade

Contém spoilers.

Se bem se lembram, o primeiro episódio da segunda temporada terminou com a introdução de um personagem. Também ele tem o poder da velocidade, que tinha como seu rival Zoom. Jay Garrick junta-se à equipa de STARLab e mostra-nos mais uma realidade particular: o multiverso, onde há múltiplos outros mundos. Apesar de Jay ter sido recebido calorosamente por Joe, Cisco, Caitlin, Iris e Stein, talvez por toda a confiança que depositou em Wells ter sido um duro golpe para Barry, este não dá muita confiança de imediato ao “Flash 2″.

Mas Jay não é a única novidade em The Flash, também Patty Spivot se juntou à série. Para já, as primeiras impressões que temos de ambos são positivas. E se se sentiu um climazinho entre Cait e Jay, também se sentiu entre Barry e Patty. E é curioso que Barry “arrefeceu” completamente em relação a Iris. É até estranho como os dois personagens quase não interagem um com o outro dado que, apesar de tudo, uma amizade fortíssima e de anos os unia de maneira tão significativa.

Apesar de no início haver uma certa hostilidade entre Barry e Jay, a verdade é que esta acaba por se esbater e há até um sentimento paternalista que trespassa para o espectador e que é interessante observar e sentir.

Ao mesmo tempo, Cisco continua sem compreender completamente de que forma foi afetado pela libertação da partícula e a verdade é que Cisco é um dos personagens mais empáticos da série, pelo que aguardamos ansiosamente por mais notícias neste campo. Ainda assim, parece que ele não quer espalhar a novidade…

Como sempre, lá temos o vilão semanal (neste caso Sand Man) que, como sempre, acaba por ser o aspeto mais fraco dos episódios, uma e outra vez. É que, apesar de tudo, o que queremos ver num vilão é alguma dimensão, profundidade, algo que nos faça escolher se queremos estar do lado bom ou do lado mau. Até agora, é nisso que The Flash tem pecado. No entanto, é possível que a série compense com os “bons da fita” que foram agora adicionados à história, como é o caso, por exemplo, de Patty, que parece ter potencial para dar muito de si à narrativa.

Fica dado o mote para o próximo episódio: possivelmente ficaremos a conhecer de viva voz Zoom e houve muitas referências a Wells ao longo do episódio, por isso será que o grande vilão de STARLab vai regressar? É que The Flash prima pelos paradoxos…e nós gostamos tanto!!

Em suma, e de modo geral, The Flash vai-se revelando, semanalmente, uma série multifacetada e de qualidade, que vai além do entretenimento.

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the big cigar

Recomendamos