The Flash – 01×21 – Grodd Lives
| 09 Mai, 2015

Publicidade

1x21 - Grodd Lives

01×21 – Grodd Lives

Depois de um episódio intenso como foi o 20º, temos mais um episódio de The Flash. Uma coisa diferente deste episódio é que, ao contrário de ser Barry a falar em voz off no início de episódio, é Iris. A confiança dela está bastante abalada, e Barry vai acabar por fazer com que isso se agrave, até ao confronto. Tal como já esperávamos, Iris fica desiludida com Barry, mas descobre que não era só ele a ocultar-lhe a verdade.

É maravilhoso como, sem qualquer mudança exterior, conseguimos ver Harrison Wells/Eobard Thawne, tão diferente. Parece que a vilania emana dele, mesmo não se destrinçando nada de muito diferente de quando estava em STARLab.

Voltamos à estrutura dos vilões semanais. Desta vez, parece que este vilão tem uma maneira poderosa de paralisar Flash, de tal maneira, que ele não consegue reagir. Ainda assim, a estrutura não é exatamente a do costume: temos um vilão que já vimos antes, mas que não sabíamos que o era. (Sounds like Dr. Wells?!). O General Eiling parece não estar em si, e parece que não é inteiramente humano. E como Wells não pode ficar de fora, também parece ter dedo nisso. Eiling é Grodd e Grodd é Eiling? Já tínhamos visto uma imagem de Grodd, anteriormente, mas não era possível adivinhar quem seria o gorila.

Grodd parece ter um poder de telepatia, ou de controlo mental, pois quando Barry, Joe e Cisco vão ao seu encontro, Barry desmaia, e Joe é levado. Iris desespera, o que só vem piorar o seu estado de espírito, desde que descobriu que todos lhe mentiam. Este é o episódio em que a personagem é mais explorada, em que vemos mais de Iris, e acredito que mesmo aqueles que não gostam da personagem (e são muitos!), conseguem identificar-se com o seu desespero e desilusão neste episódio. E a verdade é que Iris tem um papel muito importante neste capítulo: é ela quem dá força a Barry para que seja mais forte do que o controlo mental que Grodd consegue exercer nele, o que lhe permite salvar Joe. A atitude de Iris muda, e deixa de se sentir amarga com Joe. Pouco depois, Iris abre o seu coração, e admite que tem pensado em Barry, mas não admite nada em concreto, além de sublinhar a sua relação com Eddie.

Depois de nos habituarmos a uma presença permanente no ecrã, é difícil vermos um episódio em que Wells/Eobard quase não aparece. Ainda para mais, o clímax vai aumentando cada vez mais, agora que sabemos tudo (ou quase tudo) e as outras personagens também. O pano caiu, Eobard é mesmo perigoso, por isso, o que irá fazer a seguir? O medo cresce, a tensão também, e vê-lo tão pouco só acentua isso mesmo.

Grodd soube a pouco. Ficámos sem perceber bem o seu papel no meio disto tudo, e não ficou absolutamente clara a sua ligação a Wells e Eiling. Mas parece que teremos esclarecimentos no próximo episódio. Eddie também deveria ter tido um pouco mais de destaque, pois ficou bastante secundarizado comparativamente com Joe, que também foi raptado.

Só faltam 2 episódios para o final da temporada. Que surpresas ainda virão por aí?

Nota: 7/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

eric netflix

Recomendamos