The Originals – 02×04 – Live And Let Die
| 31 Out, 2014
 2×04 – Live And Let Die

2×04 – Live And Let Die

Depois de uma primeira temporada fenomenal, The Originals retornou com um upgrade na qualidade. Com novos inimigos, novas personagens, a nossa série tem-nos presenteado com episódios dignos de um Emmy… (Ooops! Esqueci-me que séries dos géneros fantasia, terror, ficção científica e sobrenatural raramente são nomeadas!) A minha admiração por The Originals mantém-se num crescendo contínuo e é uma honra para mim ser o arauto destas reviews!

Que comecem os SPOILERS!

Apesar de ser uma constante nesta série, o enredo deste episódio foi particularmente bem construído e delicioso. Começando com cenas mais calmas e contextualizantes que evoluíram para momentos de ação que nos prenderam ao ecrã e nos cortaram a respiração!

Cami reapareceu!!! Ela anda não sabe que o seu “psicólogo” é ex-vampiro e atual bruxo e muito menos que é Finn, o invejoso e vingativo irmão de Klaus. Cami até confessou que existem dois homens complicados na sua vida, mas a conversa acabou por não evoluir da forma que Finn queria. Assim que ela caminha pelo French Quarter, em plenos festejos do Halloween, Klaus aproxima-se dela! Finalmente o reencontro entre estes dois! Apesar deste apenas querer saber a localização de Davina, é impossível negar os olhares eletrizantes que trocam. Desde a primeira temporada que admito que estes dois têm uma química incontestável. Depois de uma longa conversa num bar, eles dançam e quase trocam um beijo! Nem os olhos pisquei para não perder qualquer fração de segundo deste encontro! Mas Klaus tem prioridades e sai disparado… já tem a informação que queria: o paradeiro de Davina e, consequentemente, do seu pai.

Pois é… sabendo que o seu plano foi descoberto pelos Originais, Davina refugia-se com Mikael numa pequena cabana onde ia em criança. Apesar de Mikael odiar estar sob o controlo desta bruxinha, nota-se que até gosta dela. Não fosse toda esta situação, julgo que até a transformaria! Davina pede-lhe que a treine e ele fá-lo, como o fez com os seus filhos. No meio dos exercícios ela cai e torce um pé… O treino termina e Davina pede ajuda a Kol/Kaleb que assim, não só fica a saber da localização do pai, como o liberta para não terminar morto às mãos do progenitor.

Embora Davina e Kol, avisados por Cami, tentem disfarçar o interior da cabana com um feitiço, Klaus sabe que o seu pai está por perto! Assim que Mikael sai, dá-se o confronto! Quando Klaus está prestes a ser executado pelo próprio pai, crava-lhe a maldita faca de Papa Tunde, deixando-o a agonizar no chão… Cami chega e apercebe-se que Klaus não se vingou de Davina e fica aliviada. Adoro estes dois! Klaus põe o pai na bagageira do seu carro… mas este depressa desperta e retira a faca do seu peito! Quero ver já o que vai acontecer!!!

A mando das bruxas, os lobisomens, poderosos pelos anéis da lua, ameaçam Marcel e o seu grupo! Pouco depois, chega Elijah que assume os treinos do grupo na luta contra estes inimigos (não antes de ser ameaçado por Hayley). O treino de Gia foi algo de fantástico! Ela e Elijah parecem um casalinho em ascensão… parece que Hayley vai perder o seu amado! Mas eis que tudo muda radicalmente: Hayley chega com Aiden e pedem ajuda para libertar os lobisomens adolescentes do controlo das bruxas! É difícil mas conseguem-no! Mas nem tudo corre bem, o confronto de Elijah e Oliver contra os restantes lobisomens termina, mas Finn chega e imobiliza os vencedores! Pois é… Lenore/Esther tem um dos filhos sob seu poder.

Que Josh andava a trocar mensagens com outro rapaz nós já sabíamos! Desde o início da temporada inicial que eu torço por este vampiro. Apesar de todo o poder que conquistou com a sua transformação, permaneceu uma pessoa simples e leal aos seus amigos (mesmo que estes sejam o elo mais fraco). Surpresa total quando vi Aiden a entrar! Não é que o nosso vampiro tem um fraquinho pelo lobisomem e vice-versa? Parece que vamos ter uma história de amor impossível entre um vampiro e um lobisomem… muito cliché, mas igualmente adorável! Com a cooperação entre lobisomens e vampiros já mencionada na libertação dos jovens e agora com esta relação, poderemos ter mudança de interesses/posições neste complexo enredo de luta pelo poder no French Quarter.

Terminado o episódio, resta-me, mais uma vez, mencionar o quão fantástico foi o episódio… O enredo tem-se desenvolvido de forma harmoniosa e tem ganho novos contornos complexos e atrativos: Klaus aproximou-se de Cami, todavia, tem o pai bem ativo na bagageira do seu carro; Hayley tem novas responsabilidades agora que alberga novos lobisomens sob seu poder; Elijah deixou-se conquistar por Gia, porém, está cativo da mãe. Davina está demasiado próxima de Kol… resta-nos esperar pelo próximo episódio para ver como a ação se vai desenrolar!

Questões habituais:

  • Como Elijah se vai libertar? A sua situação está bem complicada! Terá o auxílio dos vampiros e dos lobisomens? Elijah é uma peça chave na luta contra as bruxas. Estou ansioso por ver qual os planos de Lenore/Esther para este filho. Já agora, Gia tem alguma hipótese com este original? Comecei por desvalorizar esta personagem, mas ela têm-me surpreendido bastante pela positiva!
  • Klaus reaproximou-se de Cami… Teremos casalinho? E que lhe fará Mikael assim que recuperar as suas forças? Espero bem que Klaus se aperceba da situação atempadamente! Necessitamos dele na libertação de Elijah!
  • Davina e Kol? Isto faz-me confusão! Kol metamorfoseou-se de vampiro selvagem para bruxo interesseiro, oportunista e manipulador… Quais os seus objetivos? Não me parece que ele alinhe com Esther a 100%! Teremos aqui uma possível traição?
  • Agora que não tem poder sobre Mikael, qual a evolução da personagem Davina?
  • Estamos próximos de uma aliança entre lobisomens e vampiros contra as bruxas? Parece que esta realidade está em construção!
  • Josh e Aiden, qual o futuro desta relação? Duas personagens secundárias numa série em que ocorrem mortes com frequência, não me parece que tenham grandes desenvolvimentos… Gostei de os ver juntos!

Nota: 9.5/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos