Supernatural – 09×15 – Thinman
| 08 Mar, 2014

Bem, nem sei que dizer sobre este episódio. São nove temporadas, o enredo está gasto e por vezes surgem episódios que pouco ou nada trazem de novo à nossa série.

Uma adolescente é assassinada, quando está a tirar selfies e a ouvir música religiosa (sempre ouvi dizer que era uma combinação explosiva, por favor não repitam isto em casa!), por um ser estranho, o Thinman…

O episódio começa com Dean a dizer que vai para uma pequena cidade perto de Washington porque encontrou uma caçada, bem ao estilo tradicional dos irmãos Winchester. Mais uma vez momento “awkward” entre Sam e Dean, porque afinal Sam também quer ir… Já na casa onde ocorreu o homicídio, a mãe da adolescente assassinada refere-se a aspetos sobrenaturais e diz que foi contatada por dois especialistas no tema. É então que os nossos heróis se encontram com os Ghostfacers (já nossos conhecidos), Harry e Ed, que perseguem o Thinman há já algum tempo. Entretanto, para piorar a situação, outra morte acontece graças ao Thinman e o vídeo faz imenso sucesso entre os seguidores dos Ghostfacers.

Harry e Ed, já famosos porque editaram um livro, perseguem o Thinman e investigam os locais onde o Thinman atacou, mas nota-se que algo não está correto… Até que, enquanto Harry faz a sua própria perseguição a solo, Ed confessa aos irmãos Winchester que foi ele que criou o Thinman… Tudo para que o seu amigo Harry não o abandonasse. Entretanto Harry é atacado e Sam e Dean tomam conta do caso.

Perseguem uma pista até um armazém onde descobrem que o Thinman é fruto de uma relação de amizade distorcida entre o empregado do café e o agente da polícia. Mataram o delegado porque menosprezava o seu agente, a rapariga porque se recusou a sair com o empregado do café e o patrão deste porque estava sempre a chamá-lo à atenção. Quando pensávamos que os Winchesters estavam em perigo, os Ghostfacers entram em ação e dão uma ajuda para que tudo se resolva pelo melhor.

Entretanto Harry não perdoa Ed e pede boleia a Sam e Dean. No decurso da viagem faz um discurso sobre a lealdade e que a verdade deveria sempre ser dita… Enfim, mais uma maneira de Sam se ressentir com Dean. Cada vez estes dois parecem mais afastados!

Este episódio só trouxe de novo mais ressentimento entre os irmãos Winchesters. Fugiu, mais uma vez, à trama traçada para esta temporada. A história já está muito gasta e, embora já tenha sido prometida uma décima temporada, já era altura de terminar com esta série. Apesar de achar tudo isto, irei continuar a ver todos os episódios e prometo chorar “baba e ranho” quando chegar mesmo o fim. Foram muitos anos a ver as aventuras do Sam e do Dean, já nos sentimos parte da família!

Nos próximos episódios quero mais ação, Crowley, Abaddon, Castiel, Metatron e Gadreel. Nunca mais foi mencionada a situação em que Dean tem a marca de Caim… Afinal quais os efeitos secundários? Faltam poucos episódios para o fim da temporada e ainda existem muitas questões por responder!

Nota: 5/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos