the-walking-dead-too-far-gone04×08 – Too Far Gone

“Too Far Gone”, teve momentos impressionantes e não desapontou os fãs que estiveram à espera que algo acontecesse durante toda esta temporada. A saga do Governador teve um final satisfatório e finalmente dissemos adeus à prisão.

A morte brutal de Hershel foi um choque para mim. Mas olhando para trás, os sinais estavam lá e a primeira metade da temporada foi a construção deste momento, o preparar da morte deste personagem, desde o seu discurso apaixonado sobre o que escolher pelo qual deveria arriscar a vida até à maneira altruísta como tratou dos infectados. Ele era a âncora emocional do grupo, a voz da razão e a quem Rick recorria quando precisava de tomar uma decisão.

Gostei do facto de que no seu último momento, Hershel não tem um olhar de medo ou arrependimento, vemos nos seus olhos que ele está em paz com o seu destino, o seu  sorriso final sabendo que influenciou positivamente Rick a acreditar que qualquer pessoa pode reerguer-se depois de moralmente ou psicologicamente danificada, só nos faz gostar ainda mais dele. De todas as personagens que já morreram, está é aquela de quem vou sentir mais falta.

Não sabemos e o Rick achava realmente que os dois campos poderiam coexistir dentro da prisão pacificamente, mas podemos ter a certeza que ele estava disposto a tentar para salvar a vida a Hershel.

O Governador ao matar daquela maneira Hershel demonstrou a sua verdadeira natureza: um assassino sádico. Adorei quando a Michonne o trespassou com o sabre, tinha de ser ela a fazê-lo e fê-lo na hora H quando o Rick já não tinha forças para lutar. Foi pena o Governador ter sofrido pouco, depois de tudo o que fez deveria ter tido uma morte lenta e dolorosa e só não a teve porque Lilly lhe dá um tiro final. Lilly apercebeu-se que ele usou o argumento “proteger a família” como justificação para os seus actos cruéis, no momento em que lhe leva Megan e ele dá um tiro na cabeça da menina, sem pestanejar ou pensar duas vezes.

O Daryl…., acho que todos os fãs sustiveram a respiração quando aquele Walker quase o mordeu (se isso tivesse acontecido acho que todos nós teríamos atirado com o comando ao televisor, não?). Adoro o Daryl, o homem arrasou com um tanque, nada lhe consegue fazer frente!

Este episódio foi carregado de emoções fortes e vai ser uma longa espera até Fevereiro para termos resposta a todas as questões em aberto.

O que aconteceu à Judith? Não acredito que tenha morrido, o sangue encontrado deve ser da pessoa que a levou (a Michonne talvez?).

Agora que todo o grupo se separou, como será que se vão safar?

E a Carol, será que ainda a vamos voltar a ver na 2ª metade desta temporada?

O como vai o Tyresse reagir quando souber a verdade sobre a morte da Karen?

Tantas questões!!! A expectativa para o final desta temporada é grande! 9 de Fevereiro chega depressa!!!

Nota: 9/10

Alexandra Leite