As novidades da Comic-Con International não param de chegar!

 A DC Comics está prestes a lançar o seu serviço de streaming e já algumas séries originais foram anunciadas: a tão esperada Titans, Doom Patrol e Swamp Thing. No entanto, desta vez a novidade é Stargirl, baseada nos livros de banda desenhada com o mesmo nome e escritos por Geoff Johns, Greg Berlanti e Sarah Schechter.

Com uma primeira temporada de 13 episódios, Stargirl acompanha uma jovem americana, Courtney Whitmore, que reúne um grupo improvável de heróis da sua faixa etária para combaterem vilões do passado. Para os mais distraídos, Stargirl já teve pequenas aparições em Legends of Tomorrow e Smallville. Relativamente ao serviço DC Universe, ainda não há data para a sua chegada à Europa.

Já a Netflix anuncia não uma, mas duas novas séries:

Black Summer segue de perto a premissa de Z Nation, havendo mesmo quem descreva esta nova série como um spin-off. A série, com oito episódios encomendados para a primeira temporada, é protagonizada por Jaime King (Hart of Dixie). Ainda sem nome para as personagens, Jaime King representará uma mãe que atravessa uma América devastada por um apocalipse zombie, acompanhada por um pequeno grupo de sobreviventes, com a desesperada missão de encontrar a sua filha. A série terá como showrunners os coprodutores executivos de Z Nation, Karl Schaefer e John Hyams.

Ainda sem nome provisório, a Netflix volta à França para produzir mais uma série. A grande novidade está no protagonista: Omar Sy (Intouchables) será Arsène Lupin, o ladrão e cavalheiro mais famoso do mundo graças à sua mestria do disfarce. Inspirada no livro Arsène Lupin, de Maurice Leblanc, de 1905, esta será a primeira adaptação  em que o ator principal escolhido é negro.