Thomas Dekker (Backstorm), Finn Jones (Game of Thrones) e Donald Sutherland (Crossing Lines) juntam-se às já anunciadas Kiernan Shipka e Diane Kruger no elenco principal de Swimming With Sharks, a nova série dramática da Lionsgate para o serviço de streaming Quibi.

A série baseia-se no filme de culto de George Huang, de 1994, sobre uma assistente de Hollywood que enfrenta o seu patrão abusivo. Na nova versão, uma jovem mulher chamada Lou (Shipka) vai trabalhar para Joyce (Kruger), a chefe do estúdio. Numa empresa cheia de manipuladores e intriguistas, ninguém sabe que Lou está prestes a enganá-los a todos.

Dekker será Travis, um dos assistentes de Joyve. Diariamente insultado e humilhado por Joyce, Travis exerce o pouco poder que tem a diminuir os estagiários que trabalham sob as suas ordens. Jones dará vida a Marty, o vice-presidente de produção, que também é vítima de abuso verbal. Marty é imediatamente arrebatado por Lou e arranja-lhe emprego enquanto estagiária de Joyce. Por fim, Sutherland interpretará o papel de Redmond, o Presidente bastante doente da Fountain Pictures, um estúdio fundado pelo seu avô. Misógino e um predador, e preso a uma cama de hospital em casa enquanto espera pela morte, Redmond está determinado a agarrar-se ao poder durante tanto tempo quanto puder – o que inclui sabotar as tentativas de Joyce de fazer as coisas à sua maneira.