Trazemos novidades de elenco em duas séries.

Para começar, Malcolm Barrett (Timeless), Patrice Covington, uma atriz da Broadway, Kimberly Hébert Gregory (Vice Principals), Rebecca Naomi Jones (Sex & Drugs & Rock & Roll) e Sanai Victoria (No Good Nick) são as novas adições ao elenco de Genius: Aretha, que já conta com Cynthia Erivo como protagonista.

Genius é uma série de antologias do National Geographic, focada em grandes génios da história. A 1.ª temporada retratou a vida de Albert Einstein e a segunda a de Pablo Picasso. Esta 3.ª temporada, com estreia prevista para a primavera de 2020, retrata o percurso de Aretha Franklin.

Barrett interpretará Ted White, o primeiro marido e gerente de negócios de Aretha. Ele desenvolve relações com compositores e produtores e escolhe alguns dos maiores sucessos da artista. No entanto, à medida que Aretha ganha fama, o comportamento volátil e a constante ligação ao álcool por parte de White terminam o casamento.

Covington e Jones interpretarão Erma e Carolyn Franklin, respetivamente, as irmãs de Aretha, que são artistas talentosas por si mesmas e cantam no coro de Aretha.

Hébert Gregory interpretará Ruth Bowen, pioneira no seu campo, a chefe de uma agência de sucesso – com negros como proprietários – que representa Aretha, marcando-lhe espetáculos em locais de classe a nível mundial e colocando-a nas capas das revistas Time e Ebony.

Victoria será Aretha em miúda, numa altura em que ainda era chamada Little Re. Aretha é a filha tímida e imensamente talentosa do célebre pregador de Detroit, Clarence LaVaughn (C.L.) Franklin, que a coloca sob os holofotes desde muito jovem.

Por fim, em Made For Love conta-se com a adição de Noma Dumezweni (Black Earth Rising) ao elenco regular da série da HBO Max, onde irá contracenar com Ray Romano.

A série, baseada no romance de Alissa Nutting, acompanha Hazel Green (Cristin Milioti), uma mulher de trinta e tal anos que foge depois de dez anos de casamento sufocante com Byron Gogol, um bilionário tecnológico instável, carente e possivelmente sociopata. Ela descobre que o marido implantou um revolucionário dispositivo de monitorização – o chip Made for Love – no seu cérebro, o que lhe permite rastreá-la, observá-la e conhecer os seus pensamentos e sentimentos.

Dumezweni interpretará o papel de ‘Fiffany’, uma bióloga marinha apaixonada e que é cérebro que está por detrás da tecnologia Made For Love.