Maio é, sobretudo, um mês de despedidas: temporadas chegam ao fim, séries terminam. Mas não desesperem, as séries da época quente estão a regressar/estrear. Por agora, ficamo-nos então por saber os resultados desta passada semana.

.

Domingo, 8 de maio

Chegou ao fim a sétima e última temporada de The Good Wife e saiu em alta. O series finale obteve uma audiência de 10.6 milhões e um rating demográfico na faixa etária dos 18-49 de 1.3, o que se traduz numa subida de 14% e três décimas em relação ao penúltimo episódio e num rating que já não chegava tão alto há cerca de 4 meses.

A dizer “vemo-nos no outono com uma nova temporada” estiveram Madam Secretary (10 milhões/1.0) e Elementary (5.5 milhões/0.7).

A transmitir os penúltimos desta temporada estiveram The Family (2.6 milhões/0.7) e Quantico (3.5 milhões/0.9), que registaram descidas. Já Once Upon a Time (3.8 milhões/1.1) perdeu uma décima, neste que é o penúltimo episódio da temporada, já que na próxima semana temos direito a season finale em dose dupla.

Crowded (2.7 milhões/0.7) e Last Man on Earth (2.2 milhões/0.9) mantiveram-se estáveis enquanto que, ainda na corda bamba da renovação ou do cancelamento, The Carmichael Show (3.3 milhões/0.7) perdeu 18% de audiências e duas décimas.
.

2.ª feira, 9 de maio

Após todas as controvérsias recentes, o penúltimo episódio de Castle registou 6.74 milhões de espectadores e um rating de 1.1, o que se traduz numa subida de 13% e uma décima, marcando o melhor resultado da série em 7 meses, no que diz respeito ao número de espectadores.

Com um horário de lançamento atribulado, o novo episódio de Person of Interest foi forte, mas a força não se traduziu em números positivos. Os 5.8 milhões/1.0 ficaram abaixo dos resultados do premiere (7.4 milhões/1.2), embatendo em series-lows.

Também com descidas estiveram Houdini & Doyle (2.4 milhões/0.6) e Reign (780mil/0.2). Já Gotham (3.7 mil/1.2), The Odd Couple (5.8 milhões/1.3), Blindspot (5.6 milhões/1.3) e Jane the Virgin (900 mil/0.3), não sofreram alterações consideráveis.

Saindo da escala negativa e neutra, nova dose dupla de Mike & Molly (7.8 milhões/1.6, 8 milhões/1.7) melhorou em relação à semana anterior;

.
3.ª feira, 10 de maio

Mais duas a bater recordes de há meses foram The Flash (3.5 milhões/1.3) e NCIS, com o penúltimo episódio de Michael Weatherly na série a registar 16 milhões/2.1.

NCIS: New Orleans (13.2 milhões/1.7) e o 3.º episódio de Person of Interest (7.3 milhões/1.1) perderam uma décima no demo cada. Fresh Off the Boat (3.9 milhões/0.9) perdeu duas e o final de Grandfathered (1.6 milhões/0.6) embateu em series lows.

Em marés mais agradáveis estiveram Agents of SHIELD (2.93 milhões/0.9), Chicago Med (8 milhões/1.6), New Girl (2.3 mil/1.1 e 2.2 milhões/1.0) e The Grinder (1.6 milhões/0.6), todas com subidas ligeiras.

Sem alterações ficaram os novos episódios de Containment (1.4 milhões/0.5), The Real O’Neals (3.2 milhões/0.9) e Chicago Fire (8 milhões/1.6).

.

4.ª feira, 11 de maio

Foi dia de lançamento de mais um spin-off do franchise #OneChicago, desta vez com Chicago Justice, anunciada a partir do episódio desta semana de Chicago P.D. O episódio foi visto por 6.7 milhões de americanos e somou um rating de 1.4, o que se traduz numa subida de uma décima em relação à semana anterior. A proliferação de spin-offs de Chicago Fire leva à questão: qual será o próximo… Apostas?

Voltando ao tópico deste artigo, continuemos. Law & Order: SVU (5.9 milhões/1.4), que na semana passada registou series lows, subiu esta semana 11 e 27%, respetivamente. Também a conseguir subir esteve Arrow (2.2 milhões/0.8), Supernatural (1.75 milhões/0.7) e Nashville (4 milhões/0.9).

A dose dupla de Criminal Minds: Beyond Borders (6 milhões/1.1, 5.9 milhões/1.1), bem como Heartbeat (4.3 milhões/0.7), The Middle (6.6 milhões/1.6), The Goldbergs (6.1 milhões/1.8) e Modern Family (7.1 milhões/2.1) desceram; Rosewood (4.8 milhões/1.2), Empire (9.7 milhões/3.6) e black-ish (5.4 milhões/1.6)  não mexeram os ponteiros.

.
5.ª feira, 12 de maio

Final da 5.ª temporada de Scandal com 6.7 milhões de espectadores e rating de 1.8, isto é, uma subida de 10 e 20% respetivamente, para marcar os melhores números da série desde o regresso de hiatus em fevereiro, mas ainda assim bastante abaixo dos resultados do final da temporada passada.

Grey’s Anatomy (7.8 milhões/2.1) subiu uma décima, liderando a noite. The Catch (4.2 milhões/1.0) também subiu uma décima, The Big Bang Theory (14.7 milhões/3.4) ganhou 13% de audiências; ainda a registar subidas tivemos Mom (8.3 milhões/1.8), Rush Hour (4.5 milhões/0.9), 2 Broke Girls (7 milhões/1.7), Legends of Tomorrow (1.89 milhões/0.7) e The Blacklist (6.6 milhões/1.3).

Sem a mesma sorte esteve Bones (4.3 milhões/0.8), que perdeu uma décima, a única série com declive negativo da noite.

A manter-se na estabilidade ficaram  The 100 (1.17 milhões/0.4) e The Odd Couple (8.3 mil/1.6).
.

6.ª feira, 13 de maio

O final de duas horas da atual temporada de Hawaii Five-0 registou 8.3 milhões/1.1, subindo em relação ao final do ano passado e emergindo como o melhor episódio da temporada desde fevereiro.

The Vampire Diaries (1.08 milhões/0.4) recuperou ligeiramente do series low da semana anterior, somando uma décima ao rating. Já The Originals (800 mil/0.3) registou a sua pior audiência de sempre e manteve-se no pior rating que tem atingido.

Grimm (3.3 milhões/0.7) perdeu 17% de audiências e 2 décimas no rating, embatendo também na sua pior audiência e demo.