PETA acusa HBO de usar elefantes abusados nas filmagens de Westworld
| 09 Mai, 2018

[Contém spoilers]

No último episódio de Westworld (02×03 – Virtù e Fortuna) foi introduzido um novo parque, The Raj, ao estilo de países sul asiáticos, na altura da colonização britânica. No início do episódio, podem ver-se duas novas personagens montadas em elefantes, como seria de esperar que acontecesse no século XX nestes locais que o parque tenta representar.

Após o lançamento do episódio, foram vários os espectadores que enviaram queixas à PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) acerca da utilização de animais selvagens naquelas cenas. Por sua vez, a PETA enviou uma declaração à HBO, após ter surgido um vídeo onde se veem os elefantes da Have Trunk Will Travel, uma das últimas companhias no mundo que ainda providencia elefantes à indústria do entretenimento, a serem abusados. Um desses elefantes, Tai, foi utilizado no episódio em questão de Westworld.

Em resposta a esta declaração da PETA, a HBO disse: “Todos os animais que aparecem na HBO são tratados com o maior cuidado e respeito pela sua saúde, segurança e bem-estar. Um representante certificado em segurança animal da American Humane esteve presente em todos os momentos durante qualquer ação animal no set de Westworld e confirmou que os animais estavam bem tratados, e a produção recebeu a designação de “nenhum animal foi prejudicado”. Estamos a rever as circunstâncias relacionadas com as imagens de arquivo dos treinos que incluíam um dos elefantes que apareceu na série. Claro, nenhumas dessas imagens foi captada durante a produção e não reflete, de forma alguma, as práticas das nossas filmagens”.

À luz destas palavras da HBO, a PETA disse em declaração:

“A HBO e os seus produtores não podem, honestamente, reivindicar nenhuma moral nem providenciar qualquer garantia neste caso, uma vez que sabiam da existência de imagens que mostram os elefantes a gritar de dor enquanto os treinadores lhes batem e os eletrocutam, desde junho de 2016, quando a PETA escreveu pela primeira vez acerca da utilização de elefantes da Have Trunk Will Travel num episódio de Silicon Valley. Qualquer pessoa que siga estas questões sabe que a American Humane – que apoia a utilização de ganchos, agora banidos na Califórnia e noutros sítios, utilizados na Tai e outros elefantes vistos nas imagens perturbadoras – não monitoriza as condições ou os métodos de treino de pré-produção fora das filmagens. Além disso, o seu fracasso em manter os animais a salvo tem sido bem documentado: foi no set que três cavalos morreram durante as gravações da série da HBO Luck e que, notoriamente, deram a A Dog’s Purpose a sua distinção “nenhum animal foi prejudicado”, mesmo com as provas em vídeo que mostram um cão aterrorizado a ser forçado a entrar em águas agitadas. Se a cadeia televisiva se importasse realmente com o bem-estar dos animais, iria parar de se esconder atrás de uma organização em declínio que apoia trajes com histórias sórdidas, e acabaria com a utilização de animais selvagens, ao invés de responder às questões dos media com uma declaração destinada a enganar o público”, disse Rachel Mathews, Diretora Associada de uma fundação da PETA que se dedica a lutar pelos direitos dos animais, tentando que os criminosos sejam levados à justiça.

Em adição a isto, Lauren Thomasson, Gerente da PETA no que a Animais em Cinema e Televisão diz respeito, enviou uma carta aberta a  Casey Bloys, Presidente de Programação da HBO, onde escreveu: “A oposição do público ao uso de animais para entretenimento é mais forte do que nunca – evidente no encerramento do circo Ringling Bros. após 146 anos de exploração e das dezenas de empresas de viagens que retiraram os passeios de elefante das suas ofertas. Considerando a tecnologia CGI realista e livre de crueldade que existe hoje, todos os animais selvagens da série da HBO devem ser gerados por computador”.

Esta não é a primeira vez que a HBO é alvo de críticas devido a abuso animal. Em 2012, a ex-diretora da unidade de filmagem e produção da American Humane Association foi alegadamente despedida por ter insistido para que a AHA reportasse o também alegado abuso de cavalos no set da série Luck. Em março de 2012, a HBO cancelou a série após um quarto cavalo ter morrido e o canal tem usado diversos animais selvagens como leões, tigres e ursos em séries como The Wizard of Oz, Silicon Valley, Vice Principals e The Leftovers.

A PETA lançou também uma declaração à imprensa, onde diz: “Os animais usados no cinema e na televisão são frequentemente mantidos em confinamento extremo e angustiante, privados de tudo o que é natural e importante para eles e sujeitos a métodos de treino abusivos, incluindo espancamentos e uso de bastões e ganchos eléctricos, sem os quais simplesmente se afastariam do local de gravações”.

Publicidade

Populares

heartstopper

westworld poster

Recomendamos