No segundo dia da Comic Con Portugal tivemos o prazer de conhecer a actriz britânica Natalie Dormer!

Na série Game of Thrones, Natalie interpreta Margaery Tyrell. Durante as gravações da 5ª temporada, Natalie leu apenas as partes em que entrava no guião, de modo a poder disfrutar da série como uma verdadeira fã quando estrear em Abril de 2015. Na última temporada viu o seu segundo marido morrer, Joffrey Baratheon (Jack Gleeson), uma das personagens mais odiadas da série. Quando lhe perguntaram sobre o actor Jack Gleeson, Natalie disse que ele é o oposto de Joffrey e que, apesar de ser um grande actor, está a pensar em abandonar a carreira em prol dos estudos. Devido às filmagens serem em locais muito distantes uns dos outros, Natalie, acaba por conhecer apenas certos actores com quem contracena, incluindo Sophie Turner (Sansa Stark) de quem se tornou grande amiga. Elegeu Peter Dinklage (Tyrion Lannister) como o actor mais divertido no set, Arya Stark (Maisie Williams) a personagem que mais adora, Ramsay Snow (Iwan Rheon) a personagem que merecia ser o próximo a morrer e considerou que a morte mais marcante da série foi a de Oberyn Martell, interpretado por Pedro Pascal.

Um fã perguntou a Natalie quem deveria subir ao trono, ao que ela respondeu que, se perguntassem à personagem dela, Margaery, a resposta seria o filho dela (spoiler ou apenas uma possibilidade no futuro?). No caso dela própria, Natalie sempre achou que o trono deveria pertencer a Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), no entanto, na última temporada começou a mudar de opinião devido às decisões de Dany. Outro fã quis saber se, no caso dela puder escolher, teria uma relação amorosa com qual personagem, ao qual respondeu, imediatamente, Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau). Aprovadíssimo! Quanto a que outra personagem gostaria de interpretar, Natalie queria ser um dos dragões para poder voar.

Falando de outros papéis em séries, considera a personagem Anne Boleyn em The Tudors a sua preferida e gostava de voltar à série Elementary no seu papel de Moriarty, havendo uma forte possibilidade de tal acontecer.

A actriz falou também, do seu papel no filme The Hunger Games – Mockingjay Part 1 & 2, onde interpreta Cressida, uma realizadora que acompanha Katniss (Jennifer Lawrence) durante a revolução. O primeiro dia de gravações começou em grande, onde teve de saltar de um hovercraft com uma metralhadora e atravessar uma explosão. Elogiou a Jennifer Lawrence como actriz, homenageou Philip Seymour Hoffman (Plutarch Heavensbee) e considerou Woody Harrelson (Haymitch Abernathy) como sendo o actor mais divertido no set.

Salientou também, que é uma grande defensora do feminismo e que geralmente, escolhe papéis de acordo com esses ideais. Natalie considera que este filme representa bem as mulheres, incluindo a personagem dela e de Julianne Moore (Presidente Alma Coin) que, na opinião dela, há uns anos atrás teriam sido entregues ao sexo masculino.

O papel mais estranho que já interpretou foi, por coincidência, o seu primeiro na carreira de actriz, onde literalmente aparece nos créditos como “mobile woman”.

Natalie gostou de ver algumas fãs vestidas de Margaery Tyrell (apesar dos vestidos serem pouco decotados) e teve muita pena de ter estado pouco tempo na Comic Con, mas teve filmagens no dia anterior e tinha que voltar para mais filmagens dois dias depois. Mesmo assim, adorou ter vindo e prometeu voltar no próximo ano.