OPTO SIC é o nome do novo serviço de streaming do canal televisivo português. O anúncio foi feito hoje por Francisco Pedro Balsemão, o diretor executivo da Impresa, o grupo detentor da SIC, no dia do 28.º aniversário da estação.

O serviço de streaming OPTO SIC vai chegar em novembro e terá duas versões: uma gratuita, com um catálogo contendo centenas de séries, documentários, novelas, sketches e outros formatos; e uma versão premium, acrescentando à versão base conteúdos exclusivos e a possibilidade de ver episódios de novelas que passam na antena da SIC 24h antes da sua emissão, catch up de 30 dias na SIC generalista e dois noticiários diários com a possibilidade de escolha entre a duração de 10, 15 ou 20 minutos.

No que diz respeito a séries, nas primeiras semanas após o lançamento do serviço, a OPTO SIC terá, em exclusivo, Esperança, uma nova comédia de César Mourão; e duas séries dramáticas, A Generala, com Soraia Chaves, Margarida Marinho, Vitória Guerra e Carolina Carvalho, baseada numa história real; e O Clube, com Sara Matos, Filipa Areosa, Margarida Vila Nova e José Raposo.

As informações sobre Esperança e O Clube são escassas, mas sobre A Generala sabe-se que se inspira na vida de Maria Teresinha, uma mulher que fingiu, durante quase 20 anos, ser um general com o nome de Tito da Paixão Gomes. Aos 16 anos, Maria Teresinha fugira da Madeira para Lisboa, onde arranjou uma réplica de uma farda e adotou o nome de um irmão falecido. A verdade só foi descoberta em 1992, depois de várias pessoas terem sido vítimas de burla por parte da ‘generala’.

A plataforma vai estar disponível em todo o mundo, com um plano específico para quem a subscrever a partir do estrangeiro. A pré-inscrição estará disponível já a partir de amanhã, em www.opto.sic.pt, antecipando-se ao lançamento de novembro.

Nas próximas semanas são esperadas mais informações sobre a OPTO SIC, bem como outras novidades.