Classificação

7
Interpretação
7
Argumento
7
Realização
7
Banda Sonora

Sean – ou Dud, como gosta de ser carinhosamente tratado – é o protagonista desta nova série da AMC. Sean foi um jovem que cresceu a trabalhar com o pai no negócio de venda de piscinas. A vida deles e da irmã era bastante boa e Sean conciliava isso com o seu desejo de surfar. Só que, numa viagem que fez, Sean foi mordido por uma cobra, esteve perto de morrer, mas, mesmo tendo sobrevivido, ficou impedido de surfar. Como se a história já não fosse triste, o pai dele morreu afogado e, após a sua morte, os irmãos descobriram que estava falido e então tiveram de vender a loja e a casa.

Enquanto a irmã vive num pequeno apartamento e trabalha para arranjar dinheiro, Sean é uma espécie de sem-abrigo que vai vivendo por onde calhar. O seu carro é o único local mais próximo de uma casa. Ele inclusive invade a propriedade que já fora da sua família, como se ainda lá morasse. Isso leva-nos ao início do episódio, quando Sean descobre um anel na praia. Tenta vendê-lo para ganhar dinheiro, mas o anel não vale muito. Descobre então que o anel pertence a um grupo secreto, uma fraternidade. Quando o carro lhe avaria mesmo em frente à casa da fraternidade, Sean entende ser um sinal e faz tudo para ser aceite entre os membros, o que acaba por acontecer.

Esta nova série de comédia é um pouco arrojada. A piada não está no diálogo nem nas tiradas secas dos personagens, mas sim no modo como a crueldade da vida acaba por ter momentos cómicos. Não consigo dizer que me ri muito ao ver o episódio, mas também não consigo dizer que foi mau. Acho que foi interessante, talvez não cultive muito o desejo de um próximo episódio, mas ao mesmo tempo deixa-nos a pensar. Acho que é preciso ver mais do que o piloto para avaliar, por isso, para já, dou nota positiva a este episódio.

Carlos Real