Classificação

8.5
Interpretação
6.5
Argumento
5.8
Realização
7.0
Banda Sonora

Corinne Kingsbury é a escritora de uma grande série: The Newsroom, e é agora a responsável pela nova adição ao leque de séries do canal CBS. Desta feita, calculo que não exista a ambição de fazer uma grande série, mas sim uma série descontraída que consiga divertir e entreter os espectadores com um humor leve e familiar.

Famílias disfuncionais e inconvenientes são um tema já explorado por diversas vezes. Por aí não temos qualquer novidade, mas depois de assistir a este piloto acho que Fam (que é um modo moderno e informal de dizer Família) tem potencial para ser uma boa série de comédia. Munida de um tom leve e imensamente descontraído e teatral, a série reúne um elenco muito carismático e envolvente. Vemos Nina Dobrev num registo totalmente diferente daquele a que nos habituou, mas quanto a mim, que lhe assenta ainda melhor do que papeis anteriores. À personagem de Nina Dobrev, Clem, junta-se o seu “noivo” Nick e os seus sogros e os seus simpáticos sogros, Rose e Walt. Este quarteto é um apelo à diversidade cultural e uma lufada de ar fresco no universo das séries. Mas o elenco não se fica por aí – somamos ainda uma irmã rebelde com um humor muito sarcástico, que abandona a escola e entra de rompante na vida e na casa dos noivos… e um pai desleixado das duas irmãs, cuja completo insucesso na sua função de pai só torna a família mais disfuncional, mas a dinâmica muito mais engraçada.

Confesso que há algum tempo que ando a procurar séries de comédia. Com o final de The Office e How I Met Your Mother, sem outras séries antigas que compunham uma boa coleção de comédia desde House of Lies, Californication, Weeds, My Name is Earl… e com o final anunciado para The Big Bang Theory, sinto-me bastante órfão de boas “séries de comédia” e procuro reforçar o leque actual. Se está poderá ser um bom reforço? Talvez!

Apesar de não ter um humor muito elaborado, privilegiando a simplicidade e espontaneidade, com uma produção modesta que contará com os típicos 3-4 cenários, a verdade é que teve um piloto que me atraiu, fez-me rir, deixou-me bem disposto, surpreendido com algumas prestações e que merece o meu voto positivo e a minha aposta em futuros episódios.

André Borrego