Escritores, uma classe profissional tão admirada por mim! Não há coisa nenhuma de que goste mais do que de livros (as séries que me perdoem, mas ficam logo em segundo lugar). Já não tenho a certeza, mas acho que a ideia para este artigo surgiu quando me deparei com Stephen King num episódio da minha adorada Sons of Anarchy. Então decidi começar a pesquisar para tentar perceber se eram vários os nomes da literatura a fazerem participações especiais em séries e não foi difícil formar uma lista. Muitos escritores, como Diana Gabaldon (Outlander), Margaret Atwood (The Handmaid’s Tale) e Celeste Ng (Little Fires Everywhere), e outros que mencionarei de forma mais pormenorizada. No entanto, há outras situações diferentes que espero que te surpreendam. Descobre então dez nomes do mundo da escrita que deram um saltinho ao pequeno ecrã:

[Os vídeos das cenas que foram possíveis encontrar podem ver-se através das hiperligações]

Charlaine Harris [True Blood]: Esta escritora é a responsável pela série literária The Southern Vampire Mysteries, que deu origem a True Blood, onde acabaria por fazer duas participações, uma na 2.ª e outra na 7.ª temporada. A imagem corresponde ao episódio Beyond Here Lies Nothin’, o 12.º da 2.ª temporada, no qual Harris interpreta uma cliente do Merlotte’s que foi atendida por Sam (Sam Trammell). A outra participação da escritora aconteceu no episódio de despedida da série. Contexto: quando Eric (Alexander Skarsgård) e Pam (Kristin Bauer van Straten) estão a filmar um anúncio televisivo para a bebida New Blood, somos levados para os bastidores desse mesmo anúncio, onde vemos uma técnica a trabalhar. Essa técnica é, nem mais nem menos, interpretada por Harris.

George R.R. Martin [Z Nation]: O autor dos livros que constituem as Crónicas de Gelo e Fogo, que serviram de base a Game of Thrones, fez uma participação no 8.º episódio da 2.ª temporada da série Z Nation, onde interpretou uma espécie de versão zombie dele próprio. Ora, a série passa-se três anos depois de um vírus zombie ter destruído os Estados Unidos da América e Martin foi transformado precisamente num zombie, depois de ter tentado escapar da Comic-Con no início do surto. A partir daí, Martin viu-se aprisionado pelo The Collector, que captura celebridades zombies, e vê-se forçado a autografar livros até à eternidade.

Isabel Allende [Jane the Virgin]: Se nunca leste nenhum livro de Isabel Allende, começo por recomendar O Meu País Inventado. A autora chilena entrou no 6.º episódio da 4.ª temporada da série Jane the Virgin, sendo ela própria, o ídolo literário da personagem principal, Jane. A cena é bastante relatable, porque, sejamos sinceros, quem é que, como Jane, não gostaria de dar de caras com o seu autor ou autora favorito? Não há dúvida de que os livros têm um grande significado para pessoas como Jane, como eu ou tantas outras, e conhecer quem dá vida aos nossos favoritos é certamente fascinante.

J.K. Rowling [The Simpsons]: Eu sou uma daquelas pessoas que, no geral, odeia fantasia, mas quando tinha 12 ou 13 anos recebi os primeiros livros do Harry Potter. Livros eram basicamente uma das prendas que mais gostava de receber, ainda é assim, aliás, e nenhum ficava muito tempo na estante antes de o começar a ler. Os livros do Harry Potter tornaram-se parte do fim da minha infância e de toda a adolescência. As aventuras do menino que sobreviveu a Voldemort marcaram milhões de miúdos (e graúdos), eu incluída, por todo o mundo e J. K. Rowling tornou-se uma das autoras mais conhecidas e bem pagas. Rowling, que é uma fã de The Simpsons, aparece na série no ano de 2003, decorria a 15.ª temporada. O episódio é 0 4.º e nele, a família Simpson viaja até Inglaterra, onde Lisa se depara com a autora. É impressão minha ou ela não parece muito simpática?

Michael Connelly, Stephen J. Cannell, James Patterson e Dennis Lehane [Castle]: Estou familiarizada com os nomes de alguns destes autores, mas com a maioria das suas caras não, por isso fiquei surpreendida quando descobri quem eram vários dos parceiros de póquer de Castle ao longo da série. Connelly, que dos quatro foi o que apareceu em mais episódios, é autor dos livros que viriam a dar origem à série Bosch. Cannell, já falecido, aparece em três episódios e por cá é o menos conhecido dos quatro escritores, não estando nenhum dos seus livros publicados em português. Patterson dispensa apresentações, tendo escrito algumas séries literárias conhecidas, entre elas Alex Cross, Private, NYPD Red e muito mais, nomeadamente outras séries e histórias stand-alone, sem esquecer um livro que escreveu a meias com Bill Clinton. Lehane é o autor de livros como Shutter Island, Mystic River e Gone Baby Gone, que deram origem a filmes.

Jeff Lindsay [Dexter]: Lindsay é mais um escritor que deu um saltinho até à série que teve origem no seu trabalho literário. Aconteceu no episódio Go Your Own Way, o 10.º da 3.ª temporada, corria o ano de 2008. Aí interpretou Jeffries, um polícia com quem Angel (David Zayas) fala antes de visitar Barbara Gianna (Kristin Dattilo), que estava no hospital depois de ter sido alvo de um espancamento enquanto trabalhava à paisana.

Kathy Reichs [Bones]: Reichs é a autora dos livros que serviram levemente de inspiração a Bones. Digo levemente porque se lerem o primeiro livro, basicamente a única coisa em comum com a série é a profissão da personagem principal. No entanto, a série não vai apenas buscar inspiração aos livros, mas também à própria vida da autora, que acabaria por ter um pequeno papel em Bones, num episódio realizado por David Duchovny. Judas on a Pole é o nome desse episódio, o 11.º da 2.ª temporada. Nele, Reichs dá vida a uma professora de antropologia forense chamada Constance Wright.

Ken Follett [The Pillars of the Earth]: Follett também parece não ter resistido à tentação de ter um pequeno papel na adaptação televisiva de uma das suas obras mais conhecidas, The PIllars of the Earth. São três os episódios em que o podemos ver dar vida a um mercador que revela parte do mistério que envolve o passado de Jack Jackson (Eddie Redmayne), um dos responsáveis pela construção da Catedral de Kingsbridge.

Sara Shepard [Pretty Little Liars]: E aqui temos a última autora que participou numa série inspirada nos seus livros, Sara Shepard. A escritora teve dois pequenos papéis, diferentes, o primeiro no 7.º episódio da temporada de estreia, enquanto uma professora que substituiu Ezra numa aula de Inglês. A ausência de Ezra surpreende Aria, que pergunta à professora por ele. O segundo e último papel de Shepard na série foi o de repórter noticiosa no penúltimo episódio da 5.ª temporada.

Stephen King [Sons of Anarchy]: King já fez bastantes participações especiais em séries, nomeadamente em adaptações dos seus livros, mas quero concentrar-me no pequeno papel que teve em Sons of Anarchy, no episódio 3 da 3.ª temporada. O personagem chama-se Bachman, um homem um tanto ou quanto sinistro a quem Tig recorre quando ele, Gemma e Tara se veem numa situação em que têm de se livrar de um corpo. King é um fã de Sons of Anarchy e por isso foi fácil convencê-lo a aceitar o papel, que lhe deu ainda a possibilidade de andar numa Harley.

Certamente outras participações haveria para recordar. Há alguma que te venha logo à cabeça? Algum dos teus escritores ou séries preferidos consta desta lista? Partilha connosco!

Diana Sampaio