Não é invulgar verem-se familiares a contracenar e nas séries isso também acontece com alguma frequência. Nalguns casos trata-se de atores que trabalham juntos a tempo inteiro, outras são situações mais pontuais e há também acontecimentos únicos. Alguns destes pares (e um trio) muitos de nós saberão que partilham laços familiares, mas esperamos poder surpreender-vos com outros. Muitos mais havia, especialmente irmãos, mas acabaram por ser estes os escolhidos.

Jason e Justine Bateman [Arrested Development] – A irmã mais velha do protagonista de Arrested Development, Jason Bateman, participou no 11.º episódio da 3.ª temporada no papel de Nellie, uma prostituta que Michael pensa ser sua irmã. No entanto, contrariamente ao pensado, Nellie não partilha laços familiares com Michael, mas ele contrata-a para trabalhar para a empresa dos Bluth. A participação de Justine na série foi de apenas um episódio, no ano de 2006.

Emily e Zooey Deschanel [Bones] – Olha-se para estas duas e com as semelhanças físicas não é difícil perceber que são irmãs. No entanto, numa participação especial de um episódio da 5.ª temporada da série, Zooey dá vida a Margaret Whitesell, uma prima distante de Brennan. Inclusive, durante o episódio são feitos comentários acerca das parecenças das duas. Brennan e Margaret não se entendem muito bem, mas veem-se forçadas a conviver depois do convite de Max para que a parente passasse o Natal com eles. As duas primas terminam o episódio num tom bem mais positivo do que aquele com que começaram.

Tony e Andrew Terraciano [Blue Bloods] – Quem acompanha a série possivelmente já se terá apercebido pelos apelidos destes dois meninos que são familiares, mais concretamente irmãos. No entanto, se forem tão distraídos como eu, possivelmente viram umas quantas temporadas sem sequer reparar. Tony e Andrew interpretam, respetivamente, Jack e Sean Reagan, os filhos de Danny e Linda. Apesar de fazerem parte da família principal da série, os personagens dos dois são recorrentes. Costumamos vê-los sobretudo à mesa, durante as refeições em família dos Reagan.

Nicholas Brendon e Kelly Donovan [Buffy, the Vampire Slayer] – Lembram-se de verem dois Xanders no episódio The Replacement, da 5.ª temporada de Buffy, the Vampire Slayer? Não foi Nicholas Brendon a desdobrar-se para interpretar os dois personagens, tratou-se então da participação do seu irmão gémeo, Kelly Donovan. Os irmãos tiveram então aqui a oportunidade de aparecerem juntos no ecrã, mas Kelly, mais tarde, viria a fazer filmagens para outro episódio onde substituiu o seu gémeo, que se encontrava doente na altura.

Kevin James e Gary Valentine [Kevin Can Wait e The King of Queens] – Kevin é o mais conhecido dos irmãos, o que costuma ter papéis de maior protagonismo no mundo da comédia, mas Gary, o mais velho, tem-no acompanhado um pouco ao longo da carreira. Em The King of Queens, que esteve no ar entre 1998 e 2007, Kevin é Doug, que ganha a vida a fazer entregas, tem uma mulher bonita e uma boa vida, até que o sogro se muda para a casa deles. Aqui, Gary interpreta o primo de Doug, Danny, proprietário de uma pizzaria. O papel de Gary na série protagonizada pelo irmão começa como convidado especial, passa a recorrente e depois recebe uma promoção ao elenco principal a partir da 4.ª temporada até ao final. Em Kevin Can Wait, os dois atores são o que são na vida real: irmãos. James é o protagonista que dá nome à série, um polícia recentemente reformado, e Valentine é Kyle, um bombeiro que fica a dever um pouco à inteligência. Os dois personagens estão creditados em todos os episódios da série.

Anna Faris e Chris Pratt [Mom] – Família não é necessariamente aquela no meio da qual nascemos, mas também a que se cria pelos laços do matrimónio, não é verdade? A comédia protagonizada por Anna Faris recebeu Chris Pratt, o então marido da atriz, como convidado especial num episódio, Good Karma and the Big Weird, da 4.ª temporada. Pratt dá vida a Nick, um instrutor de equitação por quem Christy se mostra interessada, apesar de este ser sobrinho de Marjorie, que desencorajara quaisquer tipos de avanços. Anna e Chris já tinham contracenado juntos algumas vezes no cinema, mas nunca em televisão.

Joely Richardson e Vanessa Redgrave [Nip/Tuck] – Na vida real, Joely e Vanessa são, respetivamente, filha e mãe e em Nip/Tuck vemos a ficção a imitar a realidade. Joely integra o elenco principal da série, mas a mãe não chegou a Nip/Tuck para apenas uma participação, tendo entrado em dez episódios, com uma personagem de nome Erica Noughton. A primeira vez que vemos Erica, esta vem a Miami para visitar Julia e para fazer um lifting facial. Erica é uma psicóloga clínica com um doutoramento e é muito crítica em relação ao facto de a filha não ter querido tornar-se médica. As coisas entre as duas, no final, acabam por melhorar muito, depois de o avião em que Erica era para ter ido se ter despenhado. Nada como uma quase fatalidade para unir as pessoas nas séries, não é verdade?

Eugene, Dan e Sarah Levy [Schitt’s Creek] – A comédia canadiana de sucesso conta-nos a história de uma família rica que perde a fortuna e que se vê obrigada a mudar-se para uma pequena cidade – o único bem que lhes resta – chamada Schitt’s Creek, que tinha sido comprada como piada pelo aniversário do filho, há uns anos atrás. Eugene dá vida ao patriarca da família, Johnny Rose, e Dan interpreta o seu filho, David. Eugene e Dan são pai e filho na vida real e a eles, no elenco, junta-se também Sarah Levy, que é, respetivamente, filha e irmã dos dois. Apesar de também integrar o elenco principal da série, Sarah não interpreta nenhum membro da família, mas sim Twyla Sands, a empregada de mesa do café local.

Stephen e Robbie Amell [The Flash] – Stephen é o protagonista de Arrow, a série que lançou a CW no mundo dos super-heróis da DC, e Robbie, o seu primo mais novo, também deu vida ao personagem principal de outra aposta do canal, The Tomorrow People. No entanto, os caminhos dos dois acabaram por cruzar-se em The Flash, spin-off de Arrow. Quando Flash precisa de ajuda para enfrentar uma ameaça, no episódio Rogue Air, da 1.ª temporada, a sua equipa acaba por ser reforçada por Oliver Queen e Firestorm, interpretados pelos primos Amell. Robbie participou em dez episódios de The Flash, mas esta foi a sua única incursão nas séries do Arrowverse e não foram muitas as oportunidades que teve para partilhar o ecrã com o primo mais velho.

Amy e Greg Poehler em [Welcome to Sweden] – Greg Poehler é o criador, protagonista e também um dos argumentistas de Welcome to Sweden, que se centra num americano que muda completamente a sua vida quando vai para a Suécia viver com a namorada e enfrenta um choque de culturas. Amy, a irmã mais velha de Greg, é produtora executiva da série, mas entrou também em oito episódios, no papel de uma personagem com o seu próprio nome, uma atriz celebridade americana muito mimada.

Vá, podem partilhar connosco outros familiares que tenham gostado de ver contracenar nas séries!

Diana Sampaio