Mais uma vez o mundo da rádio mostra o seu lado no refúgio das séries! André Henriques, locutor e DJ da rádio RFM, aceitou o nosso desafio!

1ª Qual a melhor série que viu até hoje e qual a razão que o leva a escolhê-la?

André: ‘É sempre difícil a escolha da melhor seja em que área for mas já que não tenho grande hipótese aponto para os Sopranos. Sempre fui fã do ambiente da máfia, seja nas séries ou nos filmes, ainda hoje vibro com o Tudo Bons Rapazes do Scorcese.
Os Sopranos tiveram o dom de mostrar o lado humano, banal e comum dos personagens, bem como, de conseguir manter ao longo de 6 temporadas o interesse vivo e consistente. Confesso que fiquei deprimido quando a serie acabou’.

 2ª Qual foi a primeira série que viu? Teve algum impacto no seu dia a dia?

André: ‘Isto agora até parece um anúncio de “no meu tempo”; mas a verdade é que a primeira série que vi foi ainda numa tv a preto e branco. Chamava-se Twin Peaks e contava a estória de uma enigmática Laura Palmer. Foi a primeira vez que descobri o David Lynch e fiquei viciado no ambiente da série e fã do realizador para sempre. Cheguei a comprar o Diário de Laura Palmer em livro e ainda hoje acho que não entendi metade do simbolismo que a série tinha. Aliás, esta pergunta foi um óptimo motivo para a rever de uma ponta à outra’.

3ª Existe algum actor ou actriz que goste em especial no mundo das séries?

André: ‘Os últimos anos têm sido fantásticos para as séries com a inclusão de muitos actores que antes estavam no cinema. Tenho gostado muito do personagem que faz o Ted Danson no CSI por ser completamente diferente de todos os registos em que já o vimos, aliás quem se lembra do Cheers e se ria com ele, só pode estar espantado como eu.
O Laurence Fishburne ainda deve estar a recuperar da escolha de carreira da filha mas está em grande no Hannibal que aliás tem outro grande senhor, o Mads Mikkelsen que está a fazer um papel genial como Dr Hannibal Lecter’.

4ª O que mais o irrita numa série?

André: ‘Que muitas vezes se percam óptimas ideias em temporadas desnecessárias e em argumentos redundantes em torno de aspectos que não enriquecem em nada as séries. Saber parar é uma virtude da vida, embora muitas vezes entenda que os interesses comerciais se sobrepõem ao essencial – A Arte’.

5ª Que série(s) é que acompanha actualmente?

André: ‘Já era fã dos filmes e quando percebi que as histórias do Hannibal Lecter iam passar para série fiquei um pouco desconfiado. Depois de ver o primeiro episódio a desconfiança passou a vício. Fui à net procurar mais episódios mas só havia mais um. Aliás, gosto desta expectativa de ficar à espera de episódios semana após semana. Mas para além desta acho que vou ficar viciado numa outra, A Guerra dos Tronos. Já tenho a primeira temporada em DVD e quero aproveitar as férias de Junho para me sentar um dia e fazer uma maratona. Até já me sinto mal quando os amigos falam e eu estou à toa. Segundo me dizem é incrível’

O nosso muito obrigado, André Henriques!