Classificação

5.2
Interpretação
3.8
Argumento
4.4
Realização
6
Banda Sonora

Dirty John é uma adaptação do canal Bravo de um podcast que é assim transposto para o formato de série. Trata-se de uma série baseada em factos reais, mas eu desconhecia por completo esses mesmos factos antes de assistir a este piloto. Na verdade, o que me deixou curioso para experimentar esta nova série, foi o facto de contar com a dupla central composta por Eric Bana (Munich), substancialmente conhecido pelos seus papeis cinematográficos e Connie Britton que já conta com umas quantas séries de renome no seu currículo (Friday Nigh Lights e American Horror Story).

Desconhecendo a história na qual se baseia a produção, não sabia o que esperar, nem tinha expectativas se faria justiça à realidade ou não, prendendo-se a minha expectativa apenas ao desempenho dos actores.

Mas confesso que foi uma desilusão para mim: principalmente porque julgo que o episódio falha redondamente como piloto – não nos são “apresentadas” as personagens, não há uma narrativa fluída que nos guie e nos cative. Temos apenas indícios de que uma empresária bem-sucedida se estará a envolver num relacionamento amoroso com um médico que parece apresentar alguns traços de psicopata e que isso possa vir a terminar tragicamente para ela. Nenhum dos protagonistas me surpreendeu, é óbvio que a qualidade dos dois actores eleva um pouco a qualidade da série e à medida que esta se desenvolve acredito que tenha hipótese de melhorar, mas pela amostra, não senti qualquer química entre os dois, o que apenas enfraquece a credibilidade deste relacionamento que devia ser pleno de paixão para poder evoluir no sentido “doentio” que nos é sugerido.

Não se deve julgar um livro pela capa, mas a verdade é que têm surgido cada vez mais séries do género, e a julgar por este piloto, as demais dão 10-0 a esta. É possível que quem tenha assistido ao podcast encontre interesse suficiente para ir mais além deste episódio e que possa vir a ser agradavelmente surpreendido, mas como piloto, não convence e não fomenta qualquer interesse para investir neste Dirty John.

André Borrego