David Denman (Outcast), que iria interpretar um papel regular na nova série da Fox, criada por Tate Taylor (The Help, Winters Bone), Filthy Rich, está de saída da série após a gravação do piloto. Ao que tudo indica, os produtores querem seguir em frente com a visão original determinada para a personagem de Denman, cujo rumo tinha sido alterado quando o ator foi escolhido para o papel.

Esta série, com características de novela, promete apresentar um universo em que a riqueza, o poder e a religião colidem. Quando o patriarca de uma família rica sulista morre num acidente de avião, a sua mulher, bem como o resto da família, é surpreendida com a descoberta de que ele tinha três filhos ilegítimos que constam do seu testamento. Este homem criara uma cadeia de televisão cristã de grande sucesso e, para a família, estas revelações são vistas como uma ameaça ao seu bom nome e fortuna.

O papel interpretado por Denman, que será substituído, é o de Reverendo Paul Luke Thomas, o amado, popular, influente e ambicioso pastor da Sunshine Network.

Numa altura em que são gravados mais de 70 pilotos e em que os canais definem elencos num ambiente de “luta contra o tempo”, não é incomum haver este tipo de substituições após a gravação dos pilotos no mundo do entretenimento. Esta é já a terceira substituição no espaço de uma semana, depois da saída de Freddie Prinze Jr. de Nancy Drew, Anders Holm de mixed-ish e Mark Webber da anteriormente intitulada de Stumptown.