Continuamos a trazer curiosidades sobre as tuas séries favoritas! Descobre (ou recorda) algumas sobre Two and a Half Men:

1. A música de abertura foi escrita por Chuck Lorre, um dos criadores da série. No entanto, apesar de vermos os atores principais a cantar o tema, isso é apenas uma simulação e as vozes que ouvimos são as de músicos em estúdio. Também não é Charlie Sheen quem vemos a tocar piano na série. Ele está só a fingir e é o compositor Grant Geissman quem assume as rédeas. Já os jingles de Charlie são escritos por outro compositor, Dennis C. Brown.

2. O nome de um dos personagens principais, Charlie Harper, é uma homenagem a Charles Harper Yates, um editor de filmagens que trabalhou com Lorre em Dharma & Greg.

3. À exceção do episódio piloto e do último da série, o título dos episódios é sempre retirado de alguma fala dita por um dos personagens.

4. Apesar de Alan ser o irmão mais novo de Charlie, a verdade é que o ator que o interpreta, Jon Cryer, é uns meses mais velho do que Charlie Sheen.

5. Inicialmente, Berta, a empregada de Charlie, era para ser apenas uma personagem recorrente, mas com o seu sucesso o papel rapidamente passou a regular.

6. Blythe Danner (Huff) foi a primeira escolha para interpretar a mãe de Charlie e Alan e inclusive começou a fazer ensaios com o elenco, mas por motivos não revelados acabou por abandonar o papel e então Holland Taylor entrou em cena.

7. Antes de dar vida a Chelsea Melini, um dos interesses amorosos mais relevantes na vida de Charlie, Jennifer Taylor já tinha feito pequenas participações na série com outros papéis, interpretando sempre mulheres com quem o protagonista se envolveu.

8. Melanie Lynskie, que interpretou Rose, outra mulher que teve um relacionamento com Charlie, era para ter abandonado o elenco no final da 4.ª temporada. A atriz juntou-se ao elenco da série Drive, o que a impossibilitava de continuar em Two and a Half Men, mas quando foi anunciado o cancelamento, Melanie pôde então regressar ao seu papel na comédia.

9. O Dr. Herb Melnick, que foi casado com Judith, a ex-mulher de Alan, era para se ter chamado antes Greg.

10. Estava previsto que fosse Hugh Grant a substituir Charlie Sheen quando este saiu da série. O seu personagem seria um trapaceiro de falinhas mansas que convenceria Alan a deixá-lo mudar-se para a casa sem pagar renda. No entanto, Grant acabou por decidir que não queria comprometer-se com um contrato de vários anos e acabou então por recusar o papel.