Continuamos a trazer curiosidades sobre as tuas séries favoritas! Descobre (ou recorda) algumas sobre Supernatural:

1. O conceito original da série contava com um repórter que investigava lendas urbanas e escrevia acerca delas, mas a ideia foi alterada para aquela que hoje conhecemos, com os irmãos Winchester a caçarem seres sobrenaturais.

2. Jensen Ackles fez audições para o papel de Sam Winchester, mas depois de Jared Padalecki ter feito testes, os produtores ligaram a Jensen, propondo-lhe que interpretasse Dean, dizendo-lhe que ele seria o “Han Solo” do duo. Como bem sabemos, o ator aceitou o papel e é sabido que terá mostrado interesse prévio no personagem por ser engraçado. Ainda sobre Dean, quando este foi concebido era suposto ter imensas tatuagens, mas o orçamento da série não permitiu que tal acontecesse.

3. Misha Collins fez audições para o papel de um demónio porque nessa altura os anjos ainda eram um segredo. No entanto, o ator acabou por assumir o personagem Castiel, mas era suposto que tivesse feito apenas umas participações especiais na 4.ª temporada. Contudo, devido à sua enorme popularidade junto dos fãs da série, tornou-se um membro regular do elenco e o personagem ‘escapou’ duas vezes aos planos que o criador, Eric Kripke, tinha para que morresse.

4. Outro personagem que só iria aparecer muito brevemente e acabou por se tornar importante para a história da série é Bobby Singer, interpretado por Jim Beaver. Era suposto que tivesse participado apenas num episódio da série, mas já conta com presença em mais de 60.

5. Os planos de Kripke para a série consistiam em apenas cinco temporadas e é por isso mesmo que a season finale do quinto ano da série se chama Swan Song, que é uma metáfora para o final de algo. Para além disso, este título também pode ser visto como uma homenagem a uma das bandas favoritas de Kripke, os Led Zeppelin, que lançaram uma editora discográfica chamada Swan Song Records. E já que estamos a falar dos Led Zeppelin, vale ainda a pena salientar que o criador da série os queria na banda sonora, mas o licenciamento revelou-se muito caro. No entanto, isso não impediu que o rock clássico tivesse uma grande importância na série e Kripke fez uso da sua própria coleção pessoal para Supernatural.

6. Gil McKinney (ER) fez audições para o papel de Sam, sem sucesso, mas viria a entrar na série oito anos mais tarde no papel de Henry, o avô paterno da dupla principal. Por sua vez, Marc Singer (da série V, de 1984) e Bruce Campbell (Ash vs Evil Dead) foram algumas das opções iniciais para o papel de John Winchester, que acabou por ser atribuído a Jeffrey Dean Morgan.

7. A propósito de Jeffrey, o ator é apenas doze anos mais velho do que Jensen Ackles, que dá vida ao seu filho mais velho na série. O caso de Samantha Smith, que interpreta Mary Winchester, é ainda mais flagrante, visto que a diferença de idade em relação ao filho da ficção é de menos de nove anos.

8. Jared Padalecki já teve pelo menos dois acidentes na série. O primeiro remonta à 2.ª temporada, quando o ator partiu o pulso a filmar uma das cenas. O outro foi um ombro deslocado enquanto Jared lutava com Osric Chau, que interpreta Kevin Tran. Isto obrigou os argumentistas a inventar uma história que justificasse o porquê de Sam andar com o braço ao peito no início da 10.ª temporada. Ainda acerca de Jared, o ator ganhou cerca de 16 quilos de músculo para o papel de Sam.

9. Os papéis de Ruby e Cain foram escritos para Kristen Bell e Timothy Omundson, respetivamente. Timothy aceitou interpretá-lo, mas Kristen não e acabou por ser Katie Cassidy a escolhida para dar vida à personagem.

10. Supernatural não é feita apenas dos seus personagens, mas também de objetos icónicos, nomeadamente armas e carros. Sabem o que significa a expressão latina “Non timebo mala”, inscrita na Colt? Algo como “Não temerei nenhum mal”. Quanto ao ’67 Chevy Impala, este esteve quase para ser um Mustang de 1965, já que essa era a ideia de Kripke. No entanto, quando um vizinho lhe disse que podia “pôr um corpo na mala” de um Impala, ele soube que seria essa a opção mais acertada.