Estivemos presentes nas conferências de imprensa de Dan Fogler e Dolph Lundgren. Ambos os atores são bastante conceituados, tendo algumas presenças em séries de televisão como The Goldbergs e Arrow, respetivamente. Sendo assim, decidimos juntar os dois neste mesmo artigo.

Dolph Lundgren:

Dolph Lundgren começou a sua conferência de imprensa sempre num tom simpático e divertido, abordando várias perguntas sobre os filmes Aquaman e Creed II, brincando até com a capacidade de luta de Stephen Amell (Arrow) e Sylvester Stallone, sendo que, segundo o qual, “ambos são grandes lutadores, mas Stallone está um nível acima,” acrescenta, apesar de nunca ter lutado diretamente contra Stephen.

Ainda foi abordada a diferença do universo de super-heróis (tanto nos filmes como nas séries) atualmente em relação a quando começaram a aparecer. Segundo Dolph, hoje em dia há poucos atores que fazem as suas próprias manobras e lutas, devido a toda a segurança e investimento, inclusive em CGI, enquanto que antes faziam muito mais as suas próprias cenas. Isto foi dito com admiração em relação ao modo como ficam algumas cenas depois de tratadas em relação à ideia que o próprio construía quando as estava a gravar.

Quando lhe perguntámos sobre a sua experiência em Arrow, Dolph disse-nos que foi das primeiras experiências dele em televisão e que tinha adorado. Kovar era uma espécie de mafioso russo, mas não precisava de fazer muitas cenas de luta porque tinha quem lutasse por ele. Considerou a personagem “interessante” e divertiu-se a fazer aquele papel, algo que ficou claro quando começou a brincar com o sotaque russo de Kovar durante a conferência. Terminou a resposta à nossa pergunta deixando elogios a Stephen, referindo que é um bom profissional e simpático.

Dan Fogler:

Dan Fogler também marcou presença na Comic Con Portugal e foi lá que nos falou sobre a sua mais recente experiência, em The Walking Dead, onde fará parte da 9.ª temporada, que estreará em breve. Confessou estar super entusiasmado pela experiência, uma vez que, como fã dos comics, ter a possibilidade de “matar zombies” na vida real foi super divertido. O ator confessa-se fã do género e diz mesmo que vê as nove temporadas da série como se fosse um grande filme de zombies cheio de coisas fantásticas.

Confrontado com a saída do colega Andrew Lincoln, intérprete de Rick Grimes, Dan diz que o surpreendeu porque Rick é o grande protagonista da série, mas, ao mesmo tempo, foi bom para ver a série tomar um novo rumo e personagens que até então têm estado mais na sombra assumirem esse papel de liderança.

Numa rápida passagem pelos tempos de The Goldberg, Dan disse que adorou cada momento que passou na série, já que esta funcionava como uma grande homenagem a grandes clássicos e, para ele, era sempre muito nostálgico fazer a série. Confessou-nos ainda que dentro de algumas semanas vai filmar um episódio especial para as épocas festivas, mas que não podia entrar em grandes detalhes sobre o assunto.

Carlos Real e Raul Araújo