As séries estão repletas de convidados especiais, de participações de atores que conhecemos de outros trabalhos e que gostamos de rever. Há séries que apostam forte em nomes conhecidos, outras aliam isso à escolha de grandes atores… Noutros casos, podemos até nunca ter visto os atores ou atrizes em lado nenhum, mas reconhecer que trouxeram algo de especial àquela série e em especial aquele(s) episódio(s). As minhas escolhas participaram num máximo de três episódios da respetiva série. Eis então as minhas participações especiais preferidas do mundo das séries:

James Van Der Beek, How I Met Your Mother

Simon Tremblay foi o primeiro namorado de Robin e impressionou-a com as suas t-shirts do Hard Rock Café. Basicamente é um idiota que a trocou duas vezes pela mesma rapariga, mas hey, a perda foi dele. Ele já nem sequer era giro como quando andou com Robin da primeira vez. Não interessa, Simon é dos tempos de “Sandcastles in the Sand” que nos deu a conhecer a vergonhosamente épica carreira pop de Robin no Canadá. Entre esta e a “Let’s Go To the Mall”, a sério que tenho dificuldades em escolher a minha preferida. Simon pode ser irritante e um idiota, mas quem não gosta de um bom idiota na televisão?

How-I-Met-Your-Mother-saison-9-James-Van-Der-Beek-de-retour_portrait_w532

Katheryn Winnick, Criminal Minds

Só vi este episódio de Criminal Minds, por acaso, muito depois de Katheryn se ter tornado conhecida pelo papel de Lagertha em Vikings. Não foi aí que me tornei fã da atriz, mas sim em Bones. Eu sei, eu sei, toda a gente odeia a Hannah, mas eu não. Percebo o ódio que têm por ela, mas não partilho dele, de todo. No entanto, se Hannah não fosse namorada de Booth, não havia por que não gostar dela. Ela era engraçada, destemida, dava-se bem com Brennan e até se entendeu bem com o Parker… Anyway, quando a vi como a “má da fita” em CM adorei. Assenta-lhe que nem uma luva.

CM-ColtOP-2

Lady Gaga, The Simpsons

Desta vez não falo de uma personagem controversa, mas de uma personalidade que é tudo menos consensual. Muitos não apreciam a ousadia, a loucura, a estranheza de Gaga. Eu gosto dela como artista, como cantora (uns álbuns mais do que outros), mas sobretudo gosto da sua filosofia, do apoio que demonstra à comunidade LGBT e aos outcast em geral. Podem achar que é uma ‘personagem’ fabricada, mas não acredito em nada disso. Este episódio foi bastante engraçado na medida em que brincou com os ‘exageros’ de Gaga e na interação da personagem com Lisa e Marge.

gaga-simpson

Martha Plimpton, The Good Wife

Digo com a maior segurança que The Good Wife tem os melhores convidados especiais da televisão. Michael J. Fox, Carrie Preston, Maura Tierney e muitos outros, mas tenho um fraquinho pelo talento de Martha. Patti Nyholm não brinca em serviço, mas tornava-se caricata quando levava o bebé com ela para trabalhar. No entanto, era um registo bastante diferente da hilariante Virginia Chance de Raising Hope, mesmo que, à sua maneira, Patti também tivesse piada. Bem que podia voltar a aparecer em The Good Wife!

patty

Ronen Rubinstein, Orange Is the New Black

Não vou dizer que a bela carinha de Nathan e aquele cabelo rebelde não me conquistaram, porque estaria a mentir. No entanto, este personagem, que teve poucos minutos de antena, trouxe algo de bastante interessante a esta temporada e, em especial, à vida de Tiffany. Nesta temporada ficámos a conhecer mais sobre a vida de Pennsatucky e percebemos que ela não tinha tido uma vida nada fácil e continua a não tê-lo na prisão, graças ao sacana do Coates. Em oposição, Nathan mostrou ser algo de muito positivo na vida da personagem, bastante marcada pela vida, e trouxe algo de muito doce aos flashbacks do seu passado, provando que nem todos os homens têm de ser estupores.

tumblr_nq1nqeRZbG1ql2w0lo1_1280

Paget Brewster, Friends

Friends deve ser das séries com mais convidados especiais, aquela série que revemos anos depois e na qual reconhecemos sempre alguém. Reese Witherspoon, Christina Applegate, Bruce Willis, Brad Pitt… Foram convidados sem fim, muitos deles pares românticos dos nossos personagens e Paget não foi exceção. De todos os convidados especiais da comédia, foi sem dúvida a minha preferida. Kathy, a rapariga com quem Joe andava, mas que Chandler acabou a disputar. Joey costuma ser o tipo em quem todas estão interessadas, mas Chandler levou a melhor neste caso. Ele e Kathy tinham um entendimento que ia muito para além da relação que ela alguma vez poderia ter com Joey.

friends-kathy

Pêpe Rapazote, Shameless US

Eu que até não sou muito patriota, contrario um bocadinho essa minha tendência sempre que um ator português entra nalguma série estrangeira de sucesso. É um orgulho ver que um dos ‘nossos’ deste pedacinho de terra à beira-mar plantado, rumou até terras norte-americanas para brilhar numa série. Foi, portanto, muito bom vê-lo em Shameless, no papel de Nando, um barão da droga brasileiro. Só é pena que haja sempre uma certa tendência para que os atores portugueses interpretem personagens brasileiros no estrangeiro.

maxresdefault (1)

Sarah Paulson, Grey’s Anatomy

Apesar de esta ser uma das minhas séries preferidas não considero que tenha convidados especiais extraordinariamente bons. Com algumas exceções à regra, claro, e de Paulson não se espera menos do que uma grande prestação. Numa altura em que precisámos de conhecer uma jovem Ellis Grey que correspondesse àquilo que conhecíamos até ali: brilhante, desligada da família, apaixonada pelo trabalho, uma mulher fria que tentava destacar-se num mundo que até ali basicamente tinha sido vedado ao sexo feminino, ela foi a escolha ideal. Sarah é fantástica em papéis de mulheres fortes e foi-o mais uma vez.

6x15YoungEllisGrey

T.R Knight, Law & Order: SVU

É muito difícil escolher só uma grande participação especial nesta série. Sarah Paulson também aqui, como sempre, foi brilhante, mas T.R. destacou-se ao interpretar dois gémeos. Enquanto um desconhecia a existência do irmão, o outro aproveitou-se deste desconhecimento para o incriminar por crimes que ele cometera. Não fosse a equipa de Olivia e companhia e a pessoa errada teria sido presa.

LAW-ORDER-SVU-Double-Strands-Season-13-Episode-4-5-550x365

Wendi McLendon-Covey, Modern Family

Modern Family decidiu brincar um bocadinho com os estereótipos de ser lésbica ou gay pondo em confronto Mitchell e Cam com um casal de lésbicas, mães de um menino com quem Lily teve um problema na escola. Enquanto as crianças acabam por resolver rapidamente as divergências, a picardia entre os adultos dura um bocadinho mais. Wendi dá um toque engraçado à sua personagem, Pam, uma lésbica estereotipadamente masculina.

Modern-Family-Season-4-Episode-18-The-Wow-Factor-11-550x366

E vocês, que atores gostaram de ver dar um ‘saltinho’ em determinada série? Que participações fariam parte de uma lista vossa?

Diana Sampaio.