Classificação

7.5
Interpretação
6.7
Argumento
7.1
Realização
6.5
Banda Sonora

Atenção: esta review contém SPOILERS!

Criada por Greg Garcia, The Guest Book chegou no passado dia 3 de agosto ao canal americano TBS. Esta trata-se de uma série de comédia americana centrada nas vidas de empregados e visitantes de um conjunto de chalés em Mount Trace, uma pequena vila montanhosa.

O elenco regular e recorrente, que conta com nomes como Kellie Martin, Charlie Robinson, Carly Jibson, Lou Wilson, Aloma Wright (conhecida pelos seus papéis em Scrubs, Days of Our Lives, Private Practice e Suits), Garret Dillahunt (conhecido por interpretar Burt Chance em Raising Hope), Laura Bell Bundy e Eddie Steeples, interpreta os residentes da pequena vila. Cada episódio da série será focado num diferente guest star que interpretará um personagem de fora da cidade.

No caso deste primeiro episódio, esses guest stars foram Daniel “Danny” Pudi e Lauren Lapkus (conhecida por interpretar Susan Fischer na famosa série Orange is the New Black), que interpretaram Tim e Sandy, respetivamente. Este casal, recentemente, viu a sua família crescer com o nascimento da sua filha e precisa desesperadamente de algum tempo longe das suas obrigações.

Assim, resolvem passar uns dias em Mount Trace, onde Tim tenta de tudo para agradar a sua (irritante) mulher, até mesmo fazer uma longa viagem para encontrar um humidificador que esta tanto quer. A caminho do chalé, acaba, no entanto, por encontrar um clube de striptease onde resolve parar, o que o coloca em todo o tipo de problemas quando o dono do clube o tenta subornar com uma cassete sua.

Pessoalmente, não achei a série nada de especial. Não foi , não de todo, mas dá uso a um tipo de humor um pouco vulgar do qual eu não sou fã. Não houve nenhum momento particularmente cativante, sendo que as partes que considerei mais cómicas foram, talvez, as cenas em que Tim tentou impedir Frank de partilhar a cassete com Sandy. O que é que a série tem a seu favor? O facto de ter apenas vinte minutos de duração.

Inês Salvado