Classificação

8
Interpretação
7
Argumento
7.5
Realização
7
Banda Sonora

Este texto contém spoilers!

Depois de uma semana de interregno, The 100 regressa com um episódio que marca a transformação definitiva de Octavia na vilã da temporada.

Com a luta entre Diyoza e os wonkru, Octavia quer dominar o único lugar no vale que é habitável. Depois de saber da relação de Bellamy com Echo, ela ordena que Echo saia de lá, pois esta é uma inimiga e não faz parte do clã. Enquanto isso, Kane ajuda Diyoza num plano para motivar alguns dos descontentes do wonkru a desertarem. Ela manda caixas com comida, oferecendo uma vida melhor a quem quiser sair do clã. Ao mesmo tempo que isto se passa, Madi continua fascinada com Octavia devido às histórias que Clarke lhe contou sobre ela. Toda a gente fica curiosa para saber como Madi sobreviveu à radiação, mas Clarke mente, dizendo que transferiu sangue para ela.

Um casal junta-se a Echo na vontade de desertarem. Bellamy também quer fugir, mas Octavia não permite, mesmo que este diga que não pertence ao clã. Eles convencem Octavia a deixar Echo e os outros fugirem para obterem informações de dentro da nave de Diyoza; Octavia aceita. Clarke também planeia fugir com Madi, pois fica com medo que Octavia a queira matar para que esta não tome o seu lugar. Durante a fuga, ao contrário do prometido, Octavia manda abater todos os desertores menos Echo, que consegue entrar na nave de Diyoza. Madi foge e vai ter com Octavia, contando-lhe a sua verdadeira história. Octavia e ela fazem uma partilha de sangue e Octavia diz que o treino da rapariga começa no dia seguinte, para sofrimento de Clarke.

Também Murphy e Emori têm protagonismo neste episódio. Ficamos a saber que os dois terminaram o relacionamento porque Murphy tinha ciúmes da proximidade dela com Raven. Eles atraem os militares liderados por McCreary com o colar de localização. Quando lá chegam, o colar tinha sido retirado por Emori e explode, matando uns militares e deixando McCreary ferido, tornando-se refém do casal.

Esta temporada tem sido um pouco morta, na minha opinião. De certo modo, está a ser muito previsível e repetitiva. Isto não retira qualidade à série, apenas não nos traz algo de novo, o que me deixa aborrecido a ver os episódios. Gosto da maneira como Octavia está a ser trabalhada, embora tenha demorado seis episódios até ela se mostrar algo que já sabíamos que ia acontecer desde o primeiro. Ainda assim, o lado mau e vingativo da irmã de Bellamy foi a melhor parte do episódio. Esperemos que os próximos aumentem um pouco do entusiasmo a que a série nos habituou.

Carlos Real