Classificação

8.5
Interpretação
8.9
Argumento
8.5
Realização
8.2
Banda Sonora

Este artigo contém spoilers!

Neste episódio muita coisa aconteceu. Começo por dizer que talvez tenha sido o meu favorito da temporada. Certamente foi o que mais ritmo teve.

Depois de Bellamy ter envenenado a irmã, Indra quer assumir o seu posto para aceitar o acordo de paz com Diyoza. Salvar Octavia não será fácil e o seu estado vegetativo pode manter-se durante muito tempo. Indra discursa perante os wonkru e diz que vai assumir o posto de Octavia. Ela fala sobre o acordo de paz e é nessa altura que Miller se chega à frente e refuta a ideia de Indra, dizendo que eles devem seguir os ideais deixados por Octavia. Ou seja, a guerra!

Nisso, outra opção surge quando é sugerido que Madi receba a chama. Bellamy e Indra levam a ideia para a frente, mas Clarke fica furiosa com a opção, uma vez que tinha pedido para não magoarem Madi. Mesmo sem a autorização de Clarke, Bellamy, Indra e Gaia levam o plano em frente e colocam a chama na menina. Octavia acorda sem que nada o fizesse prever e Indra é obrigada a mantê-la presa para que esta não impeça a sucessão. Nisso, Clarke aparece e solta Octavia. Clarke foge com Madi, que ficou com a chama, enquanto Octavia se prepara para se vingar de Gaia, Indra e do irmão Bellamy.

No outro ponto da história, Murphy e o grupo querem fugir do acampamento de Diyoza. Murphy vai ter com McCreary e, de modo a incidir os ânimos, conta-lhe que Abby consegue salvar os infetados, mas os que são salvos são escolhidos de forma criteriosa por Diyoza. Gera-se uma luta gigante onde descobrimos que McCreary é o pai da filha de Diyoza e onde esta, juntamente com Murphy, Raven, o piloto, Emori e Echo, conseguem escapar enquanto Abby fica sequestrada. McCreary assume o comando do acampamento prometendo guerra contra todos os que quiserem ficar com aquele espaço.

Foi um excelente episódio. Acho mesmo que a série tem vindo a recarregar energias e, depois de um início calmo, temos uma história muito interessante e cada personagem com um caminho a percorrer. Os personagens estão mais velhos, mais adultos, e os temas com que se debatem são mais negros e densos, o que faz sentido nesta fase da vida. Estou curioso pela reta final da temporada, acho que o nível tem tudo para continuar a subir e tornar a série cada vez melhor.

Carlos Real