Classificação

6.5
Interpretação
5.5
Argumento
6
Realização
5
Banda Sonora

Suburra: Blood on Rome junta temas como a igreja, a criminalidade e o crime numa Itália que vive de gangues e de poder. Três homens, criminosos, tentam dominar as ruas de Roma nem que para isso tenham que matar quem quer que seja. Esta nova produção da Netflix conta com dez episódios e funciona como uma prequela do filme de 2015 com o mesmo nome.

Confesso que não vi o filme que sucede a série, por isso a minha análise ao episódio é livre de qualquer relação com a longa-metragem. Comecei por ver a série sem saber do que se tratava. O início é agressivo, mostrando um homem a morrer. Não percebemos muito bem o que aconteceu. Apenas sabemos que o homem é importante em Roma. O resto do episódio funciona um dia antes da morte desse homem, contando como ele foi assassinado.

O episódio é muito chato. Não me convenceu nada e por vezes distraí-me do mesmo. É bom ver um projeto europeu, neste caso em italiano, mas nem isso foi suficiente para manter o interesse. Acho a história confusa, talvez porque não vi o filme, mas ainda assim penso que o episódio devia apresentar a narrativa de outra maneira. Não espero que esta produção consiga captar muitos amantes. Ainda assim, para quem gosta de máfia e crime é sempre bom visitar estas ruas de Roma e tomar as suas próprias conclusões.

Carlos Real