Provavelmente conhece-la de Orange Is The New Black, mas parece que Ruby Rose vai voltar às séries televisivas, desta vez em roupas de látex e máscara de super-heroína.

A atriz foi a escolhida pela The CW, emissora que conta com as várias séries do universo DC (Arrow, The Flash, Supergirl e Legends Of Tomorrow), para dar vida a Batwoman. Não, não é em Gotham que a atriz vai aparecer no papel da mulher morcego!

A personagem vai fazer a sua primeira aparição no episódio crossover do Arrowverse da DC, em dezembro, mas poderá não se ficar só pelo crossover. Na verdade, sabe-se que o canal está a desenvolver uma série paralela sobre a Batwoman para a próxima temporada televisiva e Ruby Rose continuará inscrita para a protagonizar. O projeto desta nova série ainda está só no papel, por isso resta aguardar para saber se vai avançar para piloto e, posteriormente, para série completa.

A motivação por detrás do regresso de Rose ao pequeno ecrã poderá estar relacionada com a oportunidade de desbravar novos caminhos. Se o projeto seguir para série, Batwoman será a primeira personagem homossexual de super-heróis a ter a sua própria série live-action. Já no mundo dos comics, a Batwoman foi das pioneiras na representação LGBTQ+.

No universo que a CW prepara para ela, Batwoman, escrita por Caroline Dries (Smallville, Melrose Place, The Vampire Diaries), será uma justiceira impiedosa das ruas de Gotham, mas, antes de envergar o crachá de heroína, ela terá que confrontar os seus próprios demónios.

Gostavam de ver a personagem com uma série própria?