Há séries que se destacam pela interpretação brilhante de alguns elementos, há outras que pecam por terem um elenco pouco marcante, mas o mais difícil é juntar um elenco extraordinário em que todos brilham de igual forma. Não é preciso que todos tenham o mesmo tempo de ecrã, o importante é o que fazem com ele, seja pouco ou muito. Assim sendo, aquilo a que nos propomos com esta crónica é falar sobre aqueles que consideramos serem alguns elencos que merecem o devido louvor.

big little lies elenco

Big Little Lies: Com um elenco maioritariamente feminino e encabeçado por Nicole Kidman, Reese Witherspoon, Shailene Woodley e Laura Dern, todas elas nomeadas (algumas vencedoras) a vários prémios pela sua prestação, a série não se apoia exclusivamente na brilhante interpretação das suas protagonistas. Big Little Lies é sustentada por um elenco secundário constituído por seis meninos e meninas ainda muito novinhos que não são apenas personagens acessórias na narrativa, mas sim uma parte importante da história. Também há que mencionar as prestações de Alexander Skarsgård, Adam Scott e Jeffrey Nordling, mas as verdadeiras estrelas aqui são mesmo as mulheres. Kidman interpreta uma vítima de violência doméstica agarrada à esperança de que as coisas não são assim tão más; Witherspoon e Dern são mulheres ferozes e verdadeiras forças da natureza; e Woodley, embora mais timidamente, dá vida a uma jovem que tenta fugir ao passado ao mesmo tempo que segue em frente com a sua vida.

downton abbey elenco

Downton Abbey: Há um encanto especial nas séries britânicas – que confesso ter descoberto em grande parte por causa de Downton Abbey – e há também algo de bastante autêntico nos atores, que tornam os seus personagens muito credíveis. O elenco de Downton Abbey é bastante extenso, entre membros da família Crawley e os vários empregados da casa, mas é consistentemente bom. Maggie Smith é genial em tudo o que faz, mas parece ter nascido para interpretar Violet Crawley, por exemplo. Este encaixar perfeito dos atores nos seus personagens abrange o elenco completo e faz-nos mesmo viajar até àquelas décadas do século passado.

game of thrones cast

Game of Thrones: Provavelmente o elenco de Game of Thrones é o mais extenso das séries televisivas em exibição. Constituído em grande parte por atores de origem britânica, este seria à partida um bom indicador. Com inúmeros núcleos constituídos pelas várias famílias, nas mais diversas localizações, GoT tem tantos personagens que um auxiliar seria útil para ajudar a compreender as alianças e inimizades que já se geraram em sete temporadas. Não é à toa que a série vê constantemente vários elementos do seu elenco nomeado em prémios importantes. Vilões, bons da fita, esta é uma série que nos faz torcer pelos personagens, que nos consegue envolver. Game of Thrones é uma das séries de maior sucesso dos últimos anos, se não de sempre, e tal não teria sido possível sem nomes como Lena Headey, Peter Dinklage, Charles Dance, Natalie Dormer, Sean Bean ou Iwan Rheon.

elenco-orange

Orange Is the New Black: Dificilmente haverá uma série na televisão com um elenco tão vasto como este. Personagens brancas, negras, latinas, asiáticas, hetero, lésbicas, trans, ricas, pobres, universitárias, sem estudos… há de tudo! Quando o mérito não se limita à larga representatividade da sociedade em que vivemos, mas se alia a um elenco recheado de brilhantes intérpretes como Taylor Schilling, Uzo Aduba, Danielle Brooks, Kate Mulgrew, Yael Stone, Adrienne C. Moore ou Natasha Lyonne, a receita para o sucesso é garantida. Orange Is the New Black é uma daquelas séries sólidas em relação à qual se pode ter grandes expectativas a cada ano. Cada temporada permite que uma(s) nova(s) personagem(ns) brilhe, como aconteceu nesta mais recente com Taystee. Mesmo quando esquecemos as presidiárias e nos concentramos no elenco à sua volta, a qualidade não diminui. A atenção dada também à escolha dos atores que interpretam versões mais jovens dos diversos personagens em flashbacks do seu passado mostra que em OITNB nada é feito ao acaso e que a história é trabalhada com atenção.

Queen Sugar

Queen Sugar: Com o apoio do canal Oprah Winfrey Network (OWN) e criada por Ava DuVernay (a primeira mulher afro-americana a ser nomeada como realizadora nos principais prémios), a série explora a comunidade negra nos Estados Unidos da América e as dificuldades que encontram na vida apenas por terem um tom de pele diferente. A essência da série deve-se em grande parte ao seu elenco, protagonizado por Dawn-Lyen Gardner, Rutina Wesley e Kofi Siriboe, os irmãos Bordelon, com personalidades bem distintas e herdeiros de uma quinta de plantação de cana-de-açúcar, que outrora foi palco de escravatura dos seus antepassados. A dinâmica dos três resulta na perfeição, juntamente com Tina Lifford, que interpreta a tia e o apoio dos irmãos; o companheiro da tia; o filho de Charley e o filho de Ralph Angel, o amoroso Ethan Hutchison.

shameless elenco

Shameless US: Apesar de esta não ser daquelas séries que gera uma catadupa de nomeações e vitórias nos principais prémios televisivos, tal terá mais a ver com o género a que pertence do que com a sua qualidade. O núcleo principal de Shameless, constituído pela família Gallagher e pelos amigos Veronica e Kevin é extraordinário, e já o era quando alguns dos miúdos eram ainda muito novinhos. Ethan Cutkosky e Emma Kenney não foram certamente escolhidos para os seus papéis apenas por serem fofos, como parece acontecer em tantas séries. Depois temos uma série de outros personagens mais secundários, desde os habituais clientes do Alibi Room aos pares românticos de Fiona e os irmãos; todos encaixam na perfeição na narrativa. Aqui há que dar um destaque especial a Joan Cusack, que apareceu pela última vez na série em 2015 e deixou saudades. Shameless tem ainda o grande mérito de nos mostrar as dificuldades de uma família disfuncional e muito pobre que tem de fazer o que é preciso para sobreviver. Poucas séries mostram esse tipo de realidade.

Six Feet Under

Six Feet Under:  Há poucas séries que se debruçam sobre a morte como Six Feet Under, a morte como algo natural do dia a dia e a única certeza na vida. No centro da história encontra-se a família Fisher, donos de uma casa mortuária. Frances Conroy dá vida à mãe de três irmãos (interpretados por Peter Krause, Michael C. Hall e Lauren Ambrose). Adicionalmente, o elenco secundário, composto por Freddy Rodriguez, Rachel Griffiths, Mathew St. Patrick, James Cromwell, não desilude em nada. No fundo, o elenco em conjunto, aliado a um argumento fantástico, faz-nos rir, chorar e até aprender lições de vida.

Stranger Things

Stranger Things: Com protagonistas tão jovens, a série podia correr o risco de sofrer na qualidade. Contudo, aqui não se notam diferenças entre as interpretações do elenco juvenil (Millie Bobby Brown, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Natalia Dyer, Charlie Heaton e Joe Keery) e o elenco adulto (Winona Ryder e David Harbour). Aliás, são os mais jovens que conferem uma vitalidade única à série, o que se reflete no amontoado de prémios e nomeações que possui com apenas duas temporadas. A união do elenco é igualmente notável fora dos ecrãs, o que facilita o equilíbrio ideal entre humor, terror, sobrenatural e drama que a série transmite.

The Handmaid's Tale

The Handmaid’s Tale: À semelhança de Big Little Lies, The Handmaid’s Tale tem arrecadado prémios atrás de prémios desde que estreou. Baseada num romance de 1985, a série tem uma temática distópica assustadoramente equiparável (subtilmente) ao movimento de igualdade de géneros que vivemos nos dias de hoje. A série explora um país governado por homens, onde as mulheres são objetos, sem liberdades nem direitos. O elenco é uma parte essencial numa série repleta de cenas no mínimo traumáticas de representar. Elisabeth Moss, Joseph Fiennes, Samira Wiley, Max Minghella, Alexis Bledel, Ann Dowd e Yvonne Strahovski, quer interpretem vítimas ou vilões, todo o elenco é simplesmente fenomenal.

Westworld

WestworldA HBO não olhou a custos na produção de Westworld, considerada por muitos a substituta de Game of Thrones. A série futurista foca-se num parque temático do faroeste (há promessas de outros temas nas próximas temporadas), adornado de robôs com aspeto humano, programados para deliciar todos os desejos dos visitantes. O incrível elenco é composto pelos veteranos Ed Harris e Anthony Hopkins, juntamente com Evan Rachel Wood, Jeffrey Wright, Thandie Newton, James Marsden, Rodrigo Santoro, Jimmi Simpson, Ben Barnes e Sidse Babett Knudsen. Todo o elenco tem um papel instrumental para nos ajudar a decifrar, pista a pista, o mistério que nos acompanha ao longo dos episódios, onde os humanos são os verdadeiros vilões da história.

Ana Velosa e Diana Sampaio