A Netflix anunciou nos últimos dias as suas mais recentes apostas: Tidelands e uma adaptação da saga The Witcher, de Andrzej Sapkowski.

Tidelands será gravada em Queensland, na Austráliam e está a ser escrita por Stephen M Irwin, também ele oriundo de Queensland. Esta será a primeira série original australiana da Netflix e vem reforçar a estratégia da empresa de aposta em produções internacionais.

A série relata a história de uma ex-criminosa recém-chegada a uma pequena aldeia piscatória, Orphelin Bay. Após o aparecimento do corpo de um pescador local, ela tem a missão de descobrir os segredos da cidade enquanto investiga os seus estranhos habitantes, denominados “tidelanders”. Tracey Robertson, Nathan Mayfield e Leigh McGrath, uma equipa que já se conhece da série Secrets & Lies, serão os produtores executivos.

A adaptação da saga The Witcher será baseada nos livros homónimos do autor polaco de 68 anos, Andrzej Sapkowski. Estes livros relatam as histórias de “witchers”, caçadores que desenvolvem habilidades sobrenaturais para combater monstros mortais.

Estes livros têm vindo a ser um sucesso ao longo dos anos, tendo sido já traduzidos em 19 línguas diferentes, e a gigante Atari adaptou os mesmos em formato de videojogos, que rapidamente se tornaram também num sucesso.

Sapkowski será consultor criativo durante a produção da série e revelou-se emocionado com esta adaptação da Netflix, que irá manter-se fiel ao material de origem e aos temas que o autor passou 30 anos a desenvolver.