Amigos leitores do SdTV: após termos tido uma resposta espetacular à crónica da ‘Equipa de Sobrevivência Apocalíptica’ decidimos presentear-vos com mais uma. Podemos dizer que se a resposta se mantiver, esta vai ser uma aposta nossa nas crónicas! Que dizem?

Desta vez decidimos juntar os crime-solvers. Já resolvemos crimes num recorde de 40 minutos. Então e se os pudéssemos resolver em 10? Ou 5? E se nenhum crime ficasse por resolver? Juntámos nesta crónica uma equipa que achamos que junta resolveria todos os crimes que lhe pusessem à frente sem nenhuma falha. Acham que eles eram capazes?

Vamos lá aos 12 escolhidos!

James Gordon – Gotham

Mal chegou ao mundo das séries e já provou do que é capaz! Para cada crime é preciso força de vontade para o resolver. Com todos os obstáculos possíveis, James Gordon é capaz de superar todos os ventos e desventos que lhe forem atirados. Apesar de não ter nada de genialidade, o seu coração e garra são o suficiente para resolver um problema mais difícil que teima em não ser resolvido!

jamesgordon

Toby Logan – The Listener

Apesar de não ser polícia – Toby é paramédico – é uma ajuda preciosa numa investigação. Afinal de contas, quem é que não gosta da ideia de ter um ‘mind-reader’ na equipa? Digamos lá, ter vários suspeitos, criar as perguntas certas, poder ouvir as respostas pensadas por qualquer um deles, mesmo aqueles que se recusam a falar. Wow. Toby Logan é o ‘santa’s little helper’ de qualquer investigador.

tobylogan

Patrick Jane – The Mentalist 

Rebuscado, ousado, ‘idiota’, observador, inteligente. Patrick Jane também é uma ‘moleta’ essencial a qualquer investigador. Imaginem só: Construtor de histórias, leitor de linguagem corporal, infelizmente com uma experiência pessoal em homicídio. Personagem que só funciona de forma pouco convencional, mas felizmente (ou infelizmente, dependendo da perspetiva), há muito criminoso que tem a sua forma pouco convencional de atuar! A sério que pouco lhe falta para resolver crimes sozinho. Claro que com a sua falta de controlo e adorável falta de ética profissional não teria credibilidade suficiente mas cada macaco no seu galho!

patrickjane

Carrie Wells – Unforgettable

Não será certamente algo com que é fácil de viver, mas a capacidade de Carrie é certamente uma grande ‘arma’ contra qualquer criminoso. A sua hipertimesia (uma condição médica que se traduz numa memória extraordinária) dá-lhe a capacidade de se recordar de qualquer acontecimento e qualquer momento da sua vida, mesmo que tenha acontecido há muito tempo atrás. Conversas, pistas, locais de crimes… Nada é esquecido por esta polícia.

unforgettable_cbs_2

 

 Temperance Brennan – Bones

Se há um esqueleto à vista, Bones é a pessoa certa para perceber o que se passou. Aliás, nem são preciso os 206 ossos de um corpo humano adulto para esta mulher fazer a sua magia. Um pequeno osso bastará para ela chegar a uma identificação que conduzirá ao criminoso. Bones tem dificuldade em lidar com pessoas, mas no que diz respeito à ciência, e em especial aos ossos, ela é a pessoa ideal para ajudar na resolução de qualquer crime.

Temperance-Brennan-6x02-The-Couple-in-the-Cave-temperance-brennan-22894340-1280-720

Kate Beckett – Castle

Beckett pode não ter nenhuma habilidade especial, pode não ter um QI elevadíssimo, mas não importa, porque ela tem muitas outras qualidades essenciais para o trabalho de qualquer detective. Ela é muito focada no seu trabalho, é racional, mas mesmo assim tem aquela espécie de ‘intuição’ de polícia por conhecer bem aquilo que pode esperar das pessoas e da sua natureza criminosa. É o tipo de pessoa que quereria a investigar o caso de alguém que me fosse chegado.

STANA KATIC

 Tru Davies – Tru Calling

Apesar da série ter sido extinta há quase 10 anos, é impossível não nos lembrarmos das aventuras da Tru. Ela quer entrar no curso de medicina, mas para que isso aconteça, tem de reunir créditos.. e onde os vai conseguir? Numa espécie de estágio/internato na morgue. É aqui que a sua vida muda radicalmente! Os mortos pedem-lhe ajuda e ela volta a reviver as últimas 24 horas de forma a ajudar a solucionar os crimes cometidos. Além de se tornar perita em recolher pistas que a auxiliem a resolver os casos, Tru vai ainda ajudar os seus amigos e o seu desastrado irmão. Com ela ao nosso lado, não haveria criminoso que escapasse.

Tru Davies

Henry Morgan – Forever

Com uma experiência de 200 anos a investigar a morte, Henry é dos maiores peritos em identificar causas de morte e indícios de crime. Este imortal tem os sentidos bastante apurados e nada lhe escapa, mesmo a olho nu! Quando os resultados toxicológicos tardam em chegar, ele não se importa de testar o veneno em si próprio, já que ressuscita em seguida! A sua experiência e bom-humor são bem vindos à nossa equipa.

Henry Morgan

Felicity Smoak – Arrow

Sem a Felicity, a eficácia da Equipa Arrow não seria a mesma! Perita em informática, não há sistema que escape aos seus dons de hacker. Ela consegue a informação que necessita e descobre tudo a que se dispõe. Para além de muito competente, é dona de um sentido de humor brilhante. Com ela na nossa equipa como apoio informático, os criminosos nem se atreveriam a sair de casa.

Felicity_Smoak

Spencer Reid – Criminal Minds

Com memória fotográfica, um QI de 187, 3 doutoramentos e capacidade de ler 20 000 palavras por minuto, o Dr. Reid não podia faltar na nossa equipa de Crime-Solvers. Detalhar perfis criminais e geográficos, vitimologia e desvendar os mais enigmáticos casos fazem parte do dia a dia deste jovem agente do FBI portanto, porque não pôr estes dons em prática nesta Equipa de Sobrevivência? Para além disto, Reid é ainda um excelente ilusionista e nerd assumido. Melhor era impossível!original

Veronica Mars – Veronica Mars

Motivada pela profissão do pai, desde nova que Veronica se interessava por resolver mistérios e o seu jeito para investigar crimes é nato. Fosse a descobrir paradeiro do telemóvel roubado ao colega de secretária, fosse a encontrar o pai biológico de um miúdo do 6º ano ou o assassino da melhor amiga. Pois é, Veronica foi sem dúvida a melhor detective adolescente de toda a história televisiva, e portanto era impossível não ser um dos nossos trunfos! E para além da sua perspicácia e inteligência, Veronica Mars e o seu sentido de humor peculiar iriam criar uma dinâmica engraçada na equipa. Já a imaginaram a brincar com a Bones ou a picar o John Reese? Por falar em John Reese…

Veronica Mars

John Reese – Person of Interest

Obviamente que o “homem de terno” é mais um elemento indispensável nesta equipa! Reese pertenceu às Forças Armadas Norte-Americanas e foi agente da Divisão de Actividades Especiais da CIA, onde assassinou e torturou muitos alegados criminosos em missões ultra-secretas, antes de a Agência o ter tentado silenciar e ele ter desaparecido dos radares, até ser encontrado por Harold Finch, que lhe deu um novo rumo e propósito. Passem-lhe qualquer tipo de arma para a mão e ele trata do assunto. Não lhe passem nenhuma, e ele trata do assunto na mesma, apenas com as mãos se for preciso. A sua visão estratégica e táctica, e as suas competências de vigilância, espionagem e de conduzir interrogatórios seriam com certeza mais-valias na nossa equipa.

POI_0108_Reese2

E assim constituímos a nossa fantástica ‘crew’ para resolver crimes em milésimos de segundo (ou quase isso!). Podemos garantir que se algum membro da Equipa SdTV fosse vítima de um crime, esta era a equipa que queríamos de volta dessa resolução. Vamos esperar que nenhum de nós seja é, ao invés, criminoso senão, está tramado!

Quais é que acrescentavam/mudavam nesta equipa maravilha?

… e lembrem-se: tudo o que disserem pode e vai ser usado contra vocês em tribunal!

Diana Sampaio, Joana Pereira, Mélanie Costa e Rui André Pereira.