Não há dúvida que todos concordam que não há nada mais importante do que a família. Ontem festejou-se o dia da família. Não é tão popular como o dia da mãe ou o do pai mas, com tantas famílias de todos os géneros e feitios nas nossas séries, não pudemos deixar passar a data.
A lista em baixo contém dez das mil e uma famílias fantásticas deste vasto mundo de séries. É certo que faltam muitas, mas estas representam-nas bem!

Os Cohen (The O.C.)

OC-176514-05

Sandy e Kirsten Cohen vivem uma vida pacífica com o filho Seth em Newport, até um certo rapaz de Chino lhes entrar na vida como um furacão. Tornou-se rapidamente como um filho para o casal e um melhor amigo para Seth. Como em toda a família que se preze houve discussões e confusões mas sempre foram uma família unida. Sandy era o pai porreiro sempre disposto a dar conselhos aos filhos quer fosse sobre as namoradas (Marissa e Summer, as quais também tratava como se fizessem parte da família!) ou sobre a vida em geral. Kirsten era ligeiramente mais severa e demorou mais tempo a aceitar Ryan mas o seu coração de mãe falou mais alto!

Os Dunphy (Modern Family)

ModernFamily_Season5_Episode5_3

Tudo bem, eu sei que Modern Family é uma série sobre toda uma família. Mas se eu fosse falar sobre todas as personagens da série nunca mais saía daqui. Como tal, escolhi a família que mais gosto. Os Dunphy são a família mais tradicional das três e a mais caótica e hilariante! Phil é o pai cromo e Claire uma mãe mais terra a terra. Juntos são explosivos e vivem muitas aventuras e desaventuras com os filhos, Haley, Alex e Luke. Não são raras as vezes que os três põem as divergências próprias de irmãos para aturarem os pais e as suas maluquices. O mesmo acontece com Claire. Enquanto tentam controlar a rebeldia de adolescente de Haley, a estudiosa Alex e o infantil Luke, Claire e Phil também encontram tempo para namorar.

Os Clones (Orphan Black)

OrphanBlack_S2Ep10_32

Depois de uma família do mais tradicional possível vem Sarah, Cosima, Alison, Helena, Kira e Felix. Os quatro clones, o irmão e a filha de Sarah formam uma família pouco ortodoxa mas com um laço inquebrável. Elas são constantemente perseguidas e têm que se manter juntas para não acabarem mortas. Não sabem em quem confiar e só se têm umas às outras. Ou melhor, têm Felix. Felix é o irmão adotivo de Sarah e um forte aliado das outras e não são poucas as vezes que se reúnem no seu apartamento. Ele tem um relacionamento especial com cada uma delas e é impensável pensar nos clones sem Felix. Por fim, a pequena Kira é a filha de Sarah e que também adora todas as tias. É a caçula da família e que todos tentam proteger.

Os Charmings (Once Upon a Time)

família charming once upon a time

Só de pensar em família em Once Upon a Time fico cansada. É que a árvore genealógica é tão complicada e com tantas misturas de tantas histórias que parece impossível. No entanto, a constante da série tem sempre sido Snow White, David, Emma e Henry. Snow e Charming colocaram Emma num guarda roupa mágico para ela não ser engolida pela maldição da Evil Queen. Vinte e oito anos depois, Henry procura a mãe biológica e leva Emma para Storybrooke para ela quebrar a maldição. Demorou muito até ela aceitar e perdoar os pais, após uma vida de sofrimento e solidão. Todavia, Emma colocou o passado para trás e os três têm uma relação muito especial. Henry juntou-se à equação e foi ele a principal razão pela qual Regina passou para o lado dos bons e se juntou a esta família em crescimento. Quem diria que a Evil Queen e a Snow White um dia se tornassem amigas e aliadas. Só mesmo uma criança em comum (vá, também ajuda elas terem morto um dos progenitores uma da outra. Nossa, que complicação).

Os Lyon (Empire)

screen-shot-2015-02-19-at-6-39-35-am

Dizer que a família Lyon é uma família complicada é dizer pouco. Cookie e Lucious apaixonaram-se nas ruas de Filadélfia. Apaixonaram-se e tiveram três filhos, Andre, Jamal e Hakeem. Os dois lutavam para lançar a carreira musical de Lucious. Às custas disso, Cookie foi parar à cadeia para cumprir uma pena de dezassete anos. Não querendo ser associado a uma presidiária, Lucious divorcia-se dela. Quando Cookie sai da cadeia, a primeira coisa que faz é restabelecer o contato com os filhos e recuperar o tempo perdido. Mas após quase duas décadas e com os filhos adultos, Cookie não tem uma tarefa simples pela frente. Jamal aceita a mãe imediatamente mas com Andre e Hakeem é diferente. Já para não falar da relação com Lucious. É óbvio que os dois ainda se amam mas Lucious mudou demasiado, o poder subiu-lhe à cabeça. Também a relação dele com os filhos é conflituosa, principalmente com Jamal, por ser homossexual. Apesar de tudo, os Lyon são uma família que ninguém derruba. Eles podem odiar-se uns aos outros, mas ai de alguém de fora que lhes faça mal!

Os Foster (The Fosters)

The Fosters

Stef e Lena apaixonaram-se na altura em que o casamento da primeira com Mike estava em crise. Ela acabou por se divorciar e formar família com a amada. Brandon é o filho biológico de Stef e o primeiro da prole Foster. Seguiram-se os gémeos latinos Jesus e Mariana. Quando pensavam que a família estava completa, apareceu Callie Jacob, uma adolescente problemática que queria salvar o irmão do pai adotivo. E assim chegou Jude. O casal resolve adotar os dois irmãos, compondo a família. Stef e Lena são mães carinhosas, mas diferentes e que se completam. Apoiam e confiam nos filhos e aceitam-nos como são, amando-os incondicionalmente. Quem disse que tinham que haver um pai e uma mãe?

Os Simpson (The Simpsons)

The Simpsons Renovada

Esta é a família da praxe! Falar de família e não falar de Simpsons é como falar de magia e não mencionar Harry Potter. Marge e Homer têm três filhos, Bart, Lisa e a pequena Maggie. Os cinco não podiam ser mais diferentes mas são uma família unida e que nada nem ninguém separará. Eles descobrem mistérios, viajam pelo mundo e cometem crimes juntos! Marge é uma mãe carinhosa e Homer um alcoólico mas que é bom pai quando quer e ama a família mais do que tudo.

Os Crawley (Downton Abbey)

Crawley-Family

Os Crawley são os senhores de Downton e vivem lá com mais um sem-número de empregados. Robert e Cora são pais de Mary, Edith e Sybil. As filhas têm todas feitios muito diferentes, o que torna a dinâmica da família muito mais interessante. Cada uma tem os seus dramas, as suas ideologias, os seus planos. Os pais tentam dividir as atenções entre as três e tentar manter a harmonia familiar enquanto lidam com os problemas que vão surgindo na propriedade. A estes cinco junta-se a avó, Lady Violet Grantham, mãe de Robert. Com uma personalidade peculiar, ela é presença assídua em Downton e adora a família e está sempre disposta a estender-lhes a mão. O quadro fica (quase) completo com o ex-mororista e viúvo de Sybil, Matthew, e a mãe, Isobel. Ele chegou a Downton porque era o herdeiro. Se inicialmente foi tratado com frieza, depressa se renderam aos encantos do advogado – especialmente Mary.

As Beauchamp (Witches of East End)

10403084_1536356723248202_4865551651984572542_n

Joanna e as filhas Ingrid e Freya vivem uma vida pacífica em East End. Mal elas sabem que são bruxas, princesas de Asgard, que fugiram do rei (o avô) e foram amaldiçoadas por ele. Quando a tia Wendy chega à cidade para avisar a irmã que corria perigo. É aí que a verdade chega ao de cima. Wendy integra-se naturalmente na família outra vez e as quatro são muito próximas. Para além dos perigos sobrenaturais que enfrentam, ainda têm tempo para treinar os poderes e falar sobre homens. É uma pena não poder continuar a acompanhar o quotidiano das Beauchamp. Duas temporadas souberam a pouco!

Maria Sofia Santos