Boa noite e bem-vindos a mais uma edição da nossa rubrica “Atores de Primeira à Segunda-Feira”. A nossa escolha de hoje é Luke Evans, conhecido sobretudo pela sua carreira  no mundo do cinema. Evans nasceu dia 15 de abril de 1979 no Reino Unido. Filho único de Yvonne e David Evans, foi criado como Testemunha de Jeová, mas deixou a religião e a escola aos 16 anos.

Aos 17 anos, mudou-se para Cardiff, onde estudou com Louise Ryan, uma reconhecida professora de canto. Em 1997 ganhou uma bolsa para o London Studio Centre, onde se formou em 2000. Nos anos seguintes, protagonizou várias peças em Londres.

Em 2008, conseguiu o papel  de Vincente na peça de teatro Small Change, escrita e realizada por Peter Gill, que chamou a atenção de vários diretores de elenco e agências e lhe valeu uma nomeação para o Evening Standard Award.

Evans conseguiu o seu primeiro papel no cinema em 2009, ao dar vida a Apollo no remake de Clash of the Titans. No mesmo ano também entrou em Sex & Drugs & Rock & Roll, como Clive; em Robin Wood, como Xerife de Nottingham; e em Tamara Drewe, como Andy.

Em 2011, Evans deu vida a Aramis no filme The Three Musketeers e conseguiu o papel de protagonista em Immortals como Zeus, o rei dos deuses. No ano seguinte, ficou com o papel em The Raven, substituindo Jeremy Renner, onde dá vida ao detetive Emmett Fields, que investiga uma série de homicídios com Edgar Allan Poe (John Cusack).

Evans também deu vida a Bard the Bowman na adaptação The Hobbit, de Peter Jackson, .

Em 2013, Luke Evans foi o antagonista Owen Shaw em Furious 6, papel que voltou a desempenhar em 2017 na sequela The Fate of the Furious. Em 2014, deu vida a Drácula no filme Dracula Untold e foi nomeado um dos 50 homens britânicos mais bem vestidos.

Em 2017, foi o vilão Gaston no remake da Disney Beauty and the Beast, com Emma Watson como sua co-protagonista.

No mundo das séries, Evans foi um dos protagonistas da minissérie The Great Train Robbery (2013), baseada numa história verídica. O ator deu vida a Bruce Reynolds, que, na década de 60, juntou um grupo de homens para assaltar o comboio do Royal Mail, o serviço postal do Reino Unido.

Em 2018, deu vida a John Moore no drama The Alienist, do TNT. Baseada no livro de Caleb Carr, The Alienist segue a investigação de uma série de homicídios de jovens prostitutos em Nova Iorque no ano de 1896. O jovem comissário da polícia Teddy Roosevelt chama o Dr. Laszli Kreizler, um psicólogo criminal, para investigar os crimes. Kreizler recruta Moore, Sarah Howard, a secretária do comissário e os gémeos Marcus e Lucius Isaacson, ambos detetives.

A título de curiosidade, partilhamos também que Evans é homossexual e admitiu que nunca deixou a sua sexualidade defini-lo, nem deixar que os media a usassem como material noticioso.