Bem-vindos a mais uma rubrica “Atores de Primeira à Segunda-feira”! Hoje temos em destaque Jonathan Groff, o ator americano de 33 anos, que se tem destacado em séries, dobragens, musicais e, em menor expressão, no cinema. Homossexual assumido, tem desempenhado um papel relevante na luta dos direitos das pessoas LGBTI.

Além de ator, Jonathan é também cantor. Esta versatilidade tem-lhe dado papéis importantes em variados musicais que lhe valeram nomeações para prémios dos Drama Desk Awards e Tony Awards.

Por seu lado, no cinema, Groff representa Michael Lang no icónico filme de 2009, Taking Woodstock, de Ang Lee. No filme, baseado em factos reais, Michael é um dos organizadores do famoso festival hippie de 1969. Já no ano seguinte, participa em Twelve Thirty, onde é o protagonista, e em The Conspirator, onde representa um pequeno papel no julgamento dos organizadores do assassinato de Abraham Lincoln.

Contudo, é em 2013 que consegue papéis de maior destaque no grande ecrã. Protagoniza o filme C.O.G., onde dá a vida a David, um rapaz que se muda para o Oregon onde irá trabalhar numa cooperativa de produção de maçãs. Trata-se de um rapaz simples e ateu que é confrontado pelas pessoas que o rodeiam sobre Deus e a influência Dele em tudo o que o rodeia. Neste mesmo ano, embora a sua figura não apareça, Jonathan conquista para si a voz da personagem Kristoff, do famoso filme de animação Frozen. Note-se que Kristoff é uma personagem que vai a caminho do quarto filme da saga Frozen (entre filmes e curtas metragens) e podem vê-lo, na hiperligação, durante as dobragens.

Já no pequeno ecrã, Jonathan tem dado o ar da sua graça desde 2007, onde fez pequenas participações em One Life to Live e Pretty/Handsome. Mas é em 2010 que a fama o atinge em pleno, quando conquista o seu Jesse St. James, em Glee, participando em 15 episódios durante a duração da série.

rs_560x415-150219150612-1024-Jonathan-Groff-glee2.jw.21915

Em 2012, tem uma passagem relâmpago em The Good Wife, mas é em Boss, mais propriamente na 2.ª temporada, que ganha um papel de relevo junto do elenco principal com o seu Ian Todd, um jovem político em ascensão que tenta conquistar influência junto do Mayor de Chicago.

Boss tv series

Em 2014, Jonathan consegue o seu maior papel de protagonista na série Looking da HBO. O seu Patrick é um homossexual assumido, a caminho dos trinta anos, que trabalha no desenvolvimento de jogos. Com os conselhos dos seus melhores amigos, Agustín e Dom, tenta encontrar o amor sem grande sucesso… até ao dia em que conhece Kevin e Richie, que vão lutar pelo seu coração. A série teve apenas duas temporadas, mas, como a revolta dos fãs se fez sentir, a HBO lançou Looking: The Movie, em 2016, como desfecho das aventuras e desventuras de Patrick e dos seus amigos.

looki

Desde 2017 que Jonathan está no elenco principal de Mindhunter. Aqui, a sua personagem, Holden Ford, é um agente do FBI perito em comportamento humano que integra uma equipa especial de luta ao crime.

mindhunter

Hoje ficamos por aqui. Esperamos por vós para a semana!