Estamos de regresso para mais uma rubrica de Atores de Primeira à Segunda-Feira, desta vez com a companhia de Daniel Dae Kim.

Daniel Kim nasceu em Busan, Coreia do Sul, a 4 de agosto de 1968. Ainda muito jovem, mudou-se com a sua família para os EUA, mais concretamente para a cidade de Easton, na Pensilvânia. Foi precisamente na Pensilvânia que fez toda a sua formação académica. Numa primeira fase, estudou na Freedom High School de Bethlehem e foi nessa altura que decidiu dedicar-se à representação. Apesar de ainda ter ponderado seguir advocacia, acabou por perseguir o seu sonho e formar-se em Ciências Políticas e Teatro na Universidade de Haverford. Também na Pensilvânia, especializou-se em Teatro na Universidade de Bryn Mawr.

Acabou por se mudar para Nova Iorque, onde começou por se estrear em teatro, participando em peças como Romeu e Julieta, Ivanov e A Doll’s House, para além de fazer parte de um grupo de comédia de improvisação. Em simultâneo, foi apostando na sua formação e concluiu um Mestrado em Belas Artes na Tisch School of the Arts da Universidade de Nova Yorque. Também nessa fase, casou-se a 12 de junho de 1993 com Mia Kim, com quem ainda mantém uma relação, tendo o casal dois filhos em comum, Jackson e Zander.

Também nesses anos, Daniel foi iniciando a sua carreira no mundo das séries ao participar em episódios esporádicos de séries como Law & Order, NYPD Blue, Seinfeld ou Walker, Texas Ranger, bem como nos filmes American Shaolin, Addicted to Love e The Jackal.


Em 1999 chegou a sua primeira participação de forma regular numa série, com a sua interpretação de John Matheson em Crusade, onde participou em 13 episódios.

O início dos anos 2000 foi elevando a fasquia da carreira de Daniel Kim, com participações em CSI: Crime Scene Investigation, onde interpretou o agente especial Beckman, e papéis nas séries 24 e Angel onde, em ambos os casos, interpretou durante mais de dez episódios Tom Baker e Gavin Park, respetivamente. Também nesses anos acabou por participar em vários filmes de sucesso, como foram os casos de Hulk ou Spider-Man 2.

Em 2004, Daniel Kim receberia uma proposta que mudaria para sempre a sua carreira. A ABC apostava na série Lost e tinha reservado para Daniel um dos papéis principais. Durante seis temporadas, Daniel interpretou o coreano Jin Soo Kwon, um personagem que entrou na ilha como um homem de negócios frio que fazia alguns trabalhos sujos ordenados pelo seu sogro e que, durante as seis temporadas em que Lost esteve no ar, reaprendeu a viver e a amar a sua esposa, Sun-Hwa Kwon.


A série teve um sucesso bastante considerável nessa época e, com esse reconhecimento coletivo, acabou por surgir também algum reconhecimento individual para Daniel Kim. O ator venceu, entre outros, um AZN Asian Excellence Award, um Prism Multicultural Award e um Vanguard Award da Korean American Coalition. Chegou a ser também eleito um dos homens mais sexys do mundo, quer pela revista People como pela revista TV Guide.


A última temporada de Lost foi para o ar em 2010 e foi também nesse ano que Daniel deu início a outro projeto aliciante na série Hawaii Five-0, onde se apresentou no papel de detetive Chin Ho Kelly, um ex-membro da equipa, que se vê acusado injustamente de corrupção antes de voltar à equipa de forma oficial. Foram 168 os episódios da série em que entrou.


Daniel participou na série até 2017 e, nesse intervalo de tempo, acabou por participar também nas séries Once Upon a Time (só com voz) e The Legend of Koora, tendo ainda uma aparição em NCIS: Los Angeles, onde interpretou precisamente o papel de detetive Chin Ho Kelly, personagem de Hawaii Five-0.

Mais recentemente, o ator tem começado a dedicar-se a outro tipo de trabalho, começando a assumir as funções de produtor executivo. Estreou-se nessas funções em 2015, quando realizou um episódio de Hawaii Five-0 e, desde 2017, é um dos produtores executivos da série da ABC, The Good Doctor.


Damos assim por encerrada mais uma rubrica de Atores de Primeira à Segunda-Feira, com regresso marcado para a próxima semana.

Boa semana e boas séries para todos!