Classificação

9
Interpretação
8.5
Argumento
8
Realização
7
Banda Sonora

[Contém Spoilers!]

Emily continua em fuga e com a morte de Adam é mais uma a somar à lista de acusações. As buscas da polícia em conjunto com o FBI intensificam-se, chegando ao ponto de decidirem capturá-la viva ou morta.

Nick tem um novo chefe temporário, o colega Crown (Christopher Colquhoun), que lhe retira a suspensão e lhe delega que trabalhe com Tommy e os dois combinam denunciar que Adam era um agente corrupto após a detenção de Emily.

Emily vai ao encontro do psicólogo, que a ajuda a perceber a pista dada por Adam no último episódio – o olho sangrento (bleeding eye) – e que corresponde a um local da infância dela, quando estava no orfanato, e que tinha uma árvore com um olho cravado no tronco.

Em reunião com o FBI, o psicólogo põe a hipótese de Emily ter dupla personalidade, onde uma parte dela é vítima e a outra assassina. Ninguém acredita nesta hipótese, certo? E porque é que o psicólogo diz a Emily que acredita nela, mas depois diz o oposto ao FBI?

Após o relato do psicólogo, Nick e Tommy vão tentar descobrir alguma pista sobre a infância de Emily, através do pai e irmão dela. O pai, o único aliado de Emily neste momento, apenas insulta Nick. Já Jack, diz que Emily gostava da história de Robin Hood e Nick encontra Nottingham Park no Google, o local exato onde Emily está.

Entretanto, no parque, com aspeto de estar abandonado há anos, Emily encontra a árvore com o olho e, depois de cavar as imediações, descobre umas ossadas de alguém que tinha um pacemaker (normalmente colocado a pessoas de idade avançada para ajudar o coração a funcionar). Contudo, é interrompida pela polícia e acaba por ter de se esconder no lago do parque, tarefa nada fácil para quem esteve presa dentro de um tanque cheio de água. Aqui tem uma visão de alguém com uma máscara…

De manhã, Emily telefona ao hospital para ver se consegue saber a quem pertence o dispositivo cardíaco. Contudo, não lhe fornecem a informação pretendida e Emily vai ter de pedir ajuda a alguém para obter a próxima pista ou então entrar clandestinamente no hospital para arranjar o nome do cadáver.

Dig termina com Emily a esconder-se num camião estacionado na estação de serviço quando vê a polícia. Emily respira de alívio depois do camionista arrancar, mas não por muito tempo, pois ele aponta-lhe uma arma.

Este foi um episódio cheio de novas informações importantes: Emily é adotada e Jack parece nutrir algum ressentimento relativo a esse facto. Será Jack o responsável pelo rapto? Pois, o rapto está ligado a algo que aconteceu na infância de Emily. E como é que isso tudo se relaciona com o assassino em série, Harlow, que cortava as pálpebras das vítimas? Por fim, mas também importante, será que Alice está grávida? Segundo o vídeo promocional, iremos descobrir no próximo episódio!

P.S.: Espero que aquela peruca loura se tenha perdido no meio do bosque para sempre…

Ana Velosa