Classificação

9.5
Interpretação
7.5
Argumento
7.5
Realização
6
Banda Sonora

[Contém Spoilers!]

As provas contra Emily começam a ser demasiadas para que a polícia permita deixá-la em liberdade e Nick fica encarregue de a acompanhar até à esquadra, mesmo depois de ela lhe contar o que viu em casa de Adam. Após uma cena constrangedora entre Emily, Nick e Alice, Emily despede-se de Flynn e pede para passar no hotel antes de se entregar.

Para quem viu os vídeos promocionais deste episódio, não foi surpresa nenhuma ver Nick e Emily a não conseguir mais esconder o que sentem um pelo outro num momento romântico, mas sofrido. Conseguimos ver o pavor de Nick, quando sente as marcas de tortura nas costas de Emily. E é nítido que ambos estão numa espécie de reencontro/despedida: Nick, que vai levar a mulher que ama para ser presa, e Emily, que já decidiu que é preferível fugir e parecer ainda mais culpada do que voltar a ser uma prisioneira.

O FBI e a polícia de Boston, liderados por Tommy, vão colaborar nas buscas a Emily. Contudo, Nick é suspenso por ter deixado Emily escapar, não impedindo que continue a procurá-la por conta própria. Enquanto isso, Emily vai tentar resolver o mistério que lhe arruinou a vida, pedindo a Nick para não perder a fé que tem nela. E nós também não, Emily!

Começando com quem Emily pensa ser o culpado, Adam, quer infligir-lhe o mesmo que ela passou, levando-o para o local onde foi raptada. Após várias tentativas a mergulhá-lo na água, Adam confessa que é o agente corrupto, mas que não é o responsável pelo rapto nem pelas torturas que Emily sofreu. Até confessa que tentou encontrá-la depois de ter desaparecido.

Antes da chegada de Nick e Tommy, que unem forças para apanhar Emily, ficamos com a próxima pista dada por Adam: “Meet you at the Bleeding Eye” (Encontrámo-nos no Olho Sangrento). Parece que as ilustrações dos olhos são indicativos de um local, juntamente com as visões de olhos que Emily tem, e penso que será o foco do próximo episódio.

Me You Him Me termina com Emily a fugir do local, deixando Adam amarrado à cadeira. Alguém começa a disparar no escuro, atingindo Adam mortalmente e disparando contra Nick e Tommy, que ficam a pensar que foi Emily.

Resolvi deixar o assunto Alice para o fim, que neste episódio atingiu o limite da tolerância que foi demonstrando até ao momento, visto que tenho lido muitos comentários de pessoas que acreditam que Alice está envolvida no desaparecimento de Emily. Considerando que numa série tudo pode acontecer (aconteceu algo semelhante em Alias, por exemplo), espero que aqui não seja o caso. Penso que é mais fácil pensar que Alice é culpada quando simpatizamos com Nick e queremos desculpá-lo pela infidelidade que cometeu, tal como também queremos ver Emily reunida com a família num final feliz. Para mim, o único erro que Nick cometeu foi mentir a Alice posteriormente. Nick encontra-se numa situação impossível e custou-me vê-lo a contemplar se iria entrar em casa e enfrentar Alice. Depois de já ter referido a grande prestação de Stana Katic, também tenho que deixar aqui escrito que aprecio bastante a interpretação de Patrick Heusinger.

Com Adam fora da figura, que comecem as apostas para novos culpados!

Ana Velosa